Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 19 de novembro de 2018

CHUVA

Corumbá terá R$ 2 milhões para recuperar estragos

2 MAR 2011Por DA REDAÇÃO18h:28

Corumbá receberá do Ministério da Integração Nacional, de imediato, R$ 2 milhões para execução de obras emergenciais de recuperação dos estragos causados pelas chuvas deste início de ano. Além disso, o Município poderá ter mais um projeto incluído na segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), no valor de R$ 30 milhões, recursos que serão importantes para a construção, por exemplo, de uma bacia de contenção de águas pluviais na região sul da cidade. Esta e outras obras serão fundamentais para evitar alagamentos como ocorreram no início desta semana, devido aos 160 milímetros de chuva apenas na segunda-feira (28).

A informação foi repassada pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) na tarde de hoje, após audiência com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, em Brasília-DF, viabilizada pela bancada federal sul-mato-grossense. Durante o encontro, Ruiter apresentou um balanço dos estragos causados pelas últimas chuvas, bem como a necessidade de realização de obras urgentes para evitar que os problemas se repitam. Ele salientou que hoje, por meio da primeira etapa do PAC, já estão sendo aplicados cerca de R$ 30 milhões em obras de drenagem, galerias de águas pluviais e pavimentação asfáltica. Conforme o prefeito, são serviços essenciais para minimizar os efeitos dos alagamentos, mas que para solucionar de vez o problema em toda a cidade, seriam necessários investimentos de cerca de R$ 70 milhões.

Ruiter enfatizou que os R$ 2 milhões já viabilizados, a partir de projetos já protocolados no Governo Federal, virão do próprio Ministério da Integração Nacional. A verba será aplicada em recuperação de pavimento e na restauração de galerias e drenagens danificadas pelas chuvas. Além disso, a pedido do prefeito, o senador Delcídio ficou responsável por agendar uma audiência com o ministro das Cidades, Mário Negromonte, logo após o carnaval, para viabilizar a liberação de recursos para outro projeto já protocolado no Governo Federal que visa à recuperação do pavimento danificado pelas obras de esgotamento sanitário. O pleito é de R$ 8 milhões.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também