Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MANTEGA

Corte no orçamento vai manter solidez fiscal

28 JAN 14 - 13h:10FOLHA PRESS

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou hoje que o corte no orçamento de 2014 será o bastante para "manter a solidez fiscal e a estabilidade da divida líquida brasileira", mas não adiantou números.

Segundo o ministro, que falou com jornalistas na entrada do ministério, o tamanho do corte deve ser definido e anunciado apenas em fevereiro.
Câmbio

Questionado se a alta do dólar, que hoje chegou ao patamar de R$ 2,42, é preocupante para a inflação, Mantega disse que a volatilidade cambial não é exclusividade do Brasil, e que, no cenário global, o país está bem.

"Alguns países sofrem mais, outros menos. O Brasil, por exemplo, tem muitas reservas. Temos uma divida externa pequena, na verdade, como temos mais reservas do que dívida."

Mantega disse ainda que se trata de um momento de acomodação da economia internacional, que pode ser transitório, causado principalmente por dois motivos: a redução de estímulos anunciada pela equipe econômica dos Estados Unidos e a perspectiva de menor crescimento da China.

"Quando a China cresce menos, ela consome menos commodities, isso afeta os mercados. Quando caem os preços das commodities, as moedas de desvalorizam", afirmou. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Deputada do PSL cria campanha para Bolsonaro não ir à ONU
POLÍTICA

Deputada do PSL cria campanha para Bolsonaro não ir à ONU

Produto vencido poderá <br>ser trocado por outro grátis
DIREITO DO CONSUMIDOR

Produto vencido poderá
ser trocado por outro grátis

Justiça de SP aceita denúncia contra seguranças por tortura de jovem
BRUTAL

Justiça de SP aceita denúncia contra seguranças por tortura de jovem

Campo Grande recebe evento sobre investimento de imigração nos EUA
INFORME PUBLICITÁRIO

Campo Grande recebe evento sobre investimento de imigração nos EUA

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião