Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

2011

Corte de gastos no orçamento sai somente em fevereiro, diz Mantega

14 JAN 2011Por g110h:22

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, negou nesta sexta-feira (14) que o governo já tenha definido o valor do corte de gastos no orçamento de 2011. A inteção de conter as despesas foi anunciada há algum tempo, mas o valor ainda não foi confirmado. Durante a reunião ministerial marcada para esta sexta-feira no Palácio do Planalto, o ministro afirmou que dará as orientações para os ministérios sugiram cortes de despesas à area econômica.

"Não há nenhum número para o corte do orçamento. Os números não foram construídos ainda. Nós hoje vamos estabelecer os critérios para que cada ministério faça um trabalho junto com o Planejamento e com a Fazenda, de modo que a gente possa detectar quanto que é possível reduzir em cada ministério. Enquanto isso, não haverá números", declarou ele, acrescentando que o anúncio do valor do corte deve sair somente no início de fevereiro. O próprio ministro da Fazenda entra de férias na próxima segunda-feira (17) e retorna ao trabalho em 27 de janeiro.

De acordo com Mantega, a presidente Dilma Rousseff dará a orientação, durante a reunião ministerial, que os ministérios devem fazer uma "redução máxima de gastos de custeio". Temos de revisar todos os principais gastos de custeio, desde viagens até diárias, até contratação de empresas de serviços. Todos os gastos de custeio, como aluguel de prédios. Não devemos comprar equipamentos novos. Devemos trabalhar com o que temos. Temos de fazer uma redução sensível de gastos de custeio", declarou ele.
 

Leia Também