Sábado, 17 de Fevereiro de 2018

DOURADOS

Corrida pela prefeitura tem início

7 DEZ 2010Por Dourados Agora00h:01

Está aberta a temporada de lançamento de candidaturas à Prefeitura de Dourados. Além das candidaturas já colocadas da prefeita Délia Razuk (PMDB) e do vice-governador Murilo Zauith (DEM), outros partidos ensaiam o lançamento de nomes para a disputa. Até mesmo o PT, que até a semana passada falava em repetir em Dourados a –dobradinha nacional com o PMDB, indicando o nome para vice da prefeita Délia Razuk, agora fala em candidatura própria e, mesmo sem um nome com potencial de voto, acaba embolando as negociações.

De olho na cadeira que ocupou entre 2000 e 2008 com o deputado estadual eleito Laerte Tetila, O Diretório Municipal do PT vai reunir seus membros no dia 11 para discutir se lança candidatura própria ou confirma a coligação com o PMDB de Délia Razuk. O partido garante que tem nomes de peso para disputar a prefeitura, mas até mesmo esses nomes ainda precisam ser discutidos internamente.

O vice-presidente do Diretório Regional do PSL, Emídio Milas, garante que a Executiva e as principais lideranças do partido estão decididas a oferecer a Dourados a melhor contribuição possível para que o município consolide sua vocação de crescimento e apague as manchas deixadas pela recente crise ética, política e administrativa. Nesta linha, ele lança a candidatura do médico, ex-vice-governador e deputado estadual eleito George Takimoto. Milas observa que além da mo-derna base programática, o PSL trata com ênfase e muito cuidado o desempenho dos mandatos de seus filiados, focali-zando, em primeiro lugar, a gestão democrática e ética e a eficiência na prestação dos serviços públicos.

O PSDB, apesar de já ter iniciado as negociações com o vice-governador Murilo Zauith, também fala em candidatura própria e apresenta o médico e ex-secretário municipal de Saúde na governo de Ari Artuzi, Mario Eduardo Rocha, como candidato. Ele próprio garante que a sua pré-candidatura tem o aval do presidente regional do PSDB, deputado federal Reinaldo Azambuja e da senadora Marisa Serrano que estão preocupados com o crescimento dos tucanos no estado. O médico confirmou ainda que já está conversando com os dirigentes partidários e outras lideranças para falar de seu pro-jeto. O Diretório Municipal do Partido Verde também se adiantou e lançou o comerciante Rubens Pelicano como candidato a prefeito. A Executiva Municipal do PTdoB fez o mesmo e apresentou o agricultor José Boniatti como nome do partido para Prefeitura de Dourados.

Mesmo com a candidatura natural da prefeita Délia Razuk, o deputado federal Geraldo Resende (PMDB), que acaba de ser reeleito, divulgou nota deste final de semana anunciando que colocou seu nome à apreciação do PMDB para constar na pesquisa qualitativa e quantitativa que será realizada nos próximos dias para definir o candidato ao partido a prefeito ou prefeita nas eleições que acontecerão no ano que vem. Caso Geraldo entre na disputa e acabe eleito, a Grande Dourados perderá mais um deputado federal, já que a vaga dele ficará para Três Lagoas com o suplente Akira Otsubo.
 

Leia Também