Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

VIOLÊNCIA

Corregedoria vai investigar PMs que atiraram em manifestante

26 JAN 14 - 18h:15FOLHA PRESS

A Secretaria da Segurança Pública informou que irá investigar os policiais envolvidos na ação que resultou em disparos que acertaram o peito e a virilha de um jovem que participava do protesto contra a Copa do Mundo, ontem, em São Paulo.

Segundo a pasta, o caso está sendo analisado pela Corregedoria da Polícia Militar e também pela Polícia Civil.

Fabrício Proteus Nunes Fonseca Mendonça Chaves, 22, foi encontrado com três tiros -dois no peito e um na virilha-, na esquina da rua Sabará com a rua Piauí, rodeado por um grupo de pelo menos quatro policiais militares. Segundo a polícia, o rapaz foi atingido duas vezes.

A reportagem apurou que policiais levaram Chaves à Santa Casa por volta das 22h30 de sábado. Ele foi encaminhado para o centro cirúrgico e operado durante a madrugada.

O rapaz, segundo informações da Santa Casa, continua internado no centro médico. Ele está em coma induzidos e passou, na manhã de hoje, por uma segunda cirurgia.

Ele está sob escolta de três policiais do 13º batalhão da PM (Campos Elíseos). Até a manhã de hoje, sua família não havia sido avisada e soube da ocorrência por meio da reportagem.

A Secretaria de Segurança Pública foi procurada pela reportagem e informou, por meio de nota, que o caso será investigado a pela Corregedoria da Polícia Militar e também pela Polícia Civil. Chaves, segundo a nota, era adepto a tática "black bloc", resistiu à abordagem, fugiu e atacou um policial.

Moradores da região disseram que uma equipe da Corregedoria esteve na região durante a madrugada. Pela manhã, foram encontrados no local manchas de sangue e um par de luvas.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Deputada do PSL cria campanha para Bolsonaro não ir à ONU
POLÍTICA

Deputada do PSL cria campanha para Bolsonaro não ir à ONU

Produto vencido poderá <br>ser trocado por outro grátis
DIREITO DO CONSUMIDOR

Produto vencido poderá
ser trocado por outro grátis

Justiça de SP aceita denúncia contra seguranças por tortura de jovem
BRUTAL

Justiça de SP aceita denúncia contra seguranças por tortura de jovem

Campo Grande recebe evento sobre investimento de imigração nos EUA
INFORME PUBLICITÁRIO

Campo Grande recebe evento sobre investimento de imigração nos EUA

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião