Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

TRÊS LAGOAS

Corpo encontrado pode ser de um ex-presidiário

14 ABR 2011Por RÁDIO CAÇULA00h:03

O corpo de um homem em avançado estado de decomposição foi encontrado ontem no Distrito Industrial em Três Lagoas. A Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima por meio do telefone 190, a qual informava a localização do corpo.

A PM se deslocou até o Distrito Industrial próximo a Avenida Youssef Ahmad El Jarouche onde constatou a veracidade da denúncia. Os militares preservaram a área e solicitaram a presença da Pericia Técnica da Polícia Civil para os procedimentos de praxe.

Durantes os trabalhos, os peritos encontraram dentro do bolso da calça do homem um mandado de citação expedido pela 2ª Vara Criminal de Três Lagoas tendo como réu Ronaldo Rodrigues Vargas de 37 anos conhecido como “Fazenda”, um maço de cigarros, isqueiro, pente,um preservativo, cortador de unha e uma moeda de R$ 1.

Em virtude do estado de putrefação, a perícia não encontrou marcas de ferimentos durante os exames feitos ainda no local onde o corpo foi encontrado. O cadáver foi removido por uma funerária do município e levado para o Instituto de Medicina e Odontologia Legal (IMOL) para ser submetido à necropsia.

Fazenda

Ronaldo Rodrigues Vargas, o “Fazenda” residia em Três Lagoas, no bairro Vila Alegre. Ele possuía uma extensa ficha criminal e já foi preso pela prática de furtos e crimes ligados ao tráfico de drogas.

Em 2010, “Fazenda” foi preso pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) após participar de furtos a veículos durante a Exposição Agropecuária da cidade. Vargas, era responsável pela venda dos produtos subtraídos dos carros.

No dia em que foi preso, os investigadores encontraram com “Fazenda” um aparelho de CD da marca Panasonic e três lâminas de cheque, material este, furtado no dia 15 de junho do ano passado.

Leia Também