Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 10 de dezembro de 2018

Palácio do Planalto

Corpo de Alencar é velado em Brasília

30 MAR 2011Por G110h:11

O corpo do ex-vice-presidente, José Alencar, chegou às 11h03min (horário de Brasília) desta quarta-feira (30) ao Palácio do Planalto. Bombeiros retiraram o caixão do carro da corporação que transportou o corpo, e seis cadetes das Forças Armadas subiram a rampa do palácio com o caixão nos ombros até o salão destinado ao velório. Antes, houve uma salva de 21 tiros de canhão.

No trajeto entre o aeroporto e o palácio, motoristas pararam os carros na beira da pista e centenas de pessoas se aglomeraram para acenar, muitos com bandeiras do Brasil.

O caixão vai subir a rampa do palácio carregado por dois militares da Marinha, dois da Aeronáutica e outros dois do Exército. O presidente em exercício da República, Michel Temer, e a mulher do ex-vice, Marisa Gomes da Silva, aguardavam o corpo no topo da rampa, que dá para o Salão Nobre.

Uma missa em homenagem ao ex-vice-presidente será celebrada no Planalto pelo secretário-geral da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Dimas Lara Barbosa. Apenas parentes de Alencar e autoridades poderão participar da celebração religiosa.

 Assim que a missa terminar, o velório será aberto ao público. Desde as 9h desta quarta, várias coroas de flores chegaram ao palácio.

Para organizar a multidão esperada para prestar homenagem a Alencar, foram colocadas grades de contenção ao redor da sede de governo da Presidência. Banheiros químicos foram instalados no estacionamento do Planalto.

Ministros de Estado, do Supremo Tribunal Federal, do Superior Tribunal de Justiça e o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, se posicionaram na lateral do Salão Nobre para recepcionar o corpo de Alencar.

Alencar, de 79 anos, morreu às 14h41min desta terça-feira (29), em razão de câncer e falência múltipla de órgãos, segundo informou o Hospital Sírio-Libânes, onde estava internado havia dois dias.

Populares que desejarem dar o último adeus a Alencar precisarão estar com um documento de identidade com foto. A visitação ao velório irá ocorrer pela rampa do Palácio do Planalto. Um cordão de isolamento será posicionado a cerca de um metro do caixão de Alencar e os participantes do velório não poderão parar durante a caminhada no interior do palácio.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também