domingo, 15 de julho de 2018

Série B

Coritiba bate o Santo André e segue líder

2 OUT 2010Por 20h:03

Curitiba (PR) - O Coritiba chegou a assustar o torcedor no segundo tempo, mas garantiu uma vitória importante sobre o Santo André, no Estádio Couto Pereira, por 3 a 2, garantindo por mais uma rodada a liderança isolada da Série B do Campeonato Brasileiro. Agora são 50 pontos e o acesso para a Primeira Divisão cada vez mais próximo. Já a equipe paulista, com 26 pontos, fica na zona de rebaixamento.

Após um início sonolento, o Coxa passou a dominar as ações e chegou ao gol aos 25 minutos, com Marcos Aurélio, que aproveitou ótima jogada individual de Enrico, que chegou a passar a bola por baixo das pernas do defensor, e rebote do goleiro para empurrar para as redes.

Depois do intervalo, com uma bomba de Rafinha, aos 21 minutos, o Ramalhão chegou ao empate. Nem deu tempo para comemorar já que Léo Gago, aos 24 minutos, e Leonardo, aos 27 minutos, marcaram para a equipe coxa-branca. Toninho ainda conseguiu marcar o segundo para os visitantes, aos 30 minutos.

A partida começou truncada, com o time da casa estudando o adversário que, por sua vez, não mostrava força para atacar. Aos seis minutos, Léo Gago tentou colocar velocidade com um lançamento para Enrico, que não alcançou. O primeiro lance de perigo mesmo só aconteceu aos 11 minutos, com um voleio de Marcos Aurélio, bonito, mas sem sucesso.

Aos poucos o Coxa conseguia se soltar, melhorando sua atuação no meio campo, sonolento nos minutos iniciais. Aos 15 minutos, após cobrança de escanteio, Cleiton subiu mais do que a zaga e testou firme para fora, perdendo grande chance. Dois minutos depois foi a vez de Enrico, dento da área, arriscar pela linha de fundo. O gol alviverde amadurecia e, aos 24 minutos, Léo Gago cobrou falta e carimbou o travessão.

O lance empolgou e, um minuto depois, Enrico partiu para a jogada individual e cruzou. Júlio César tentou salvar, mas entregou nos pés de Marcos Aurélio, que empurrou para o fundo das redes. Aos 30 minutos, Leandro Donizete passou pela zaga e levantou fechado, direto para fora. Leonardo invadiu a área, aos 34 minutos, e chutou para defesa do goleiro do Ramalhão. Em uma rara chegada perigosa do Santo André, aos 42 minutos, Borebi recebeu na área e parou nas mãos de Edson Bastos.

Na segunda etapa, o Ramalhão tentou assustar logo no primeiro minuto, com um chute cruzado de Marques, fácil para o camisa 1 coxa-branca. A resposta veio aos cinco minutos, com Ângelo que com liberdade, chutou torto, sem direção, desperdiçando um bom ataque. De bola parada, aos 12 minutos, Marcos Aurélio tentou ampliar e a bola subiu demais.

O jogo era mais franco, mas a equipe da casa tinha mais criatividade no campo de ataque. Aos 14 minutos, bela troca de passes, Marco Aurélio cruzou e ninguém aproveitou. Um minuto depois, o atacante chutou colocado e carimbou ao travessão. O time paulista esteve perto do empate, aos 17 minutos, mas Edson Bastos salvou o chute de Marques. Até que, aos 21 minutos, Rafinha mandou uma bomba e deixou tudo igual no placar. Com o gol tomado, o técnico Ney Franco resolveu mexer no Coxa com as entradas de Dudu e Geraldo.

Antes, porém, Léo Gago, aos 24 minutos, recebeu bem colocado e disparou o chute no cantinho para marcar. Aos 27 minutos, Leonardo acertou um petardo no ângulo para fazer o terceiro. Após cobrança de escanteio, aos 30 minutos, Toninho desviou e fez o segundo do Ramalhão. Quase o Coritiba ampliou aos 38 minutos, com uma cabeça fulminante de Leonardo que Júlio César pegou. Ainda deu tempo para Douglas e Dirceu serem expulsos.

O Santo André volta a campo já na próxima sexta-feira, às 21h(de Brasília), no Estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP), onde recebe o São Caetano. No sábado, às 16h10(de Brasília), o Bragantino recebe o Coritiba no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

 

Com informações da Gazeta Press

Leia Também