Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Corinthians visita o Racing em busca da classificação

14 ABR 10 - 23h:50
Montevidéu, Uruguai

O Racing, do Uruguai, recebe hoje às 20h50min (MS), em Montevidéu o Corinthians de Ronaldo e Roberto Carlos, em partida válida pelo Grupo 1 da Libertadores, em um duelo importante pela classificação para as oitavas de final. “É uma partida chave. Vencer nos deixaria em primeiro” no grupo junto com a equipe paulista, disse à AFP Sebastián Taramasco, auxiliar do treinador Juan Verzeri.

O Corinthians lidera o grupo com 10 pontos, seguido de Racing (7), do colombiano Independiente Medellín (6) e do paraguaio Cerro Porteño (1). Apesar de não contar com figuras importantes e de ser estreante na Libertadores, o Racing tentará surpreender e ganhar a partida. Uma vitória deixará a equipe uruguaia com muitas chances de se classificar para a próxima fase.

O goleiro Jorge ‘Loco’ Contreras é dúvida por causa de dores nas costas, mas Verzeri espera que ainda possa entrar na equipe titular. “A base será a mesma que vem jogando a Copa”, embora, além de Contreras, há dúvidas sobre a participação de Jean Barrientos, Líber Quñonez e Néstor Silva, disse Taramasco.

No Corinthians, que chegou ontem a Montevidéu, o técnico Mano Menezes não indicou a equipe titular para o duelo contra o Racing. “Vamos ao Uruguai conquistar a vitória porque pode dar mais confiança à equipe e é muito importante para nossas aspirações”, disse Roberto Carlos à imprensa brasileira.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRIGA ENTRE TORCIDA

STJD pune Cruzeiro e Atlético-MG com perda de mando de campo e multa

ECONOMIA

Bancos anunciam mutirão para renegociação de dívidas em dezembro

Número de novo partido será 38, diz Bolsonaro
ALIANÇA PELO BRASIL

Número de novo partido será 38, diz Bolsonaro

SENADO

Alcolumbre manobra para atrasar votação de PEC da 2ª instância

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião