Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

BRASILEIRÃO

Corinthians vai ao Rio preocupado com setor defensivo

13 OUT 2010Por ESTADAO.COM10h:05

Fábio Carille, o técnico interino do Corinthians, vai tentar estancar a crise resgatando conceitos de Mano Menezes, o antecessor de Adílson Batista. Sua principal medida para o importante jogo contra o Vasco, nesta quarta-feira, a partir das 22 horas (de Brasília, com transmissão do estadão.com.br e da rádio Eldorado/ESPN), em São Januário: arrumar defesa.

"A primeira conversa que tive com o elenco foi para acertar o sistema defensivo, estávamos perdendo muitas bolas e sofrendo muitos gols", afirmou Carille. "Está determinado quem fica atrás e quem sobre. Se o Paulinho subir, o Jucilei fica, não sai de jeito nenhum. Um vai jogar com a bola, um vai ficar."

Carille conta com a volta da dupla de zaga titular William e Chicão, além do retorno do lateral-esquerdo Roberto Carlos e da manutenção de Alessandro no lado direito. Ou seja: todos os quatro titulares da defesa estarão em campo, o que é sinal de alívio para o torcedor corintiano.

Um dos fatores que derrubaram Adílson Batista foi justamente a queda de rendimento da equipe (ganhou só dois dos últimos quinze pontos disputados) aliado à falhas sucessivas da defesa (sofreu 12 gols nos últimos cinco jogos). Agora, a ordem é começar a recuperação pelo sistema defensivo.

Apesar de ter perdido o meia Bruno César por contusão - Danilo será o substituto diante do Vasco -, Carille vai poder contar com a volta do também meia Elias, que se reintegra ao time do Corinthians após ter defendido a seleção brasileira nos amistosos contra Irã e Ucrânia.

Por tudo isso, Carille mostra confiança na vitória nesta quarta-feira, em jogo atrasado da 18ª rodada do Brasileirão. "Se ganharmos do Vasco, só dependemos de nós mesmos para ser campeão, porque ainda jogamos com o Cruzeiro", disse o interino, lembrando que o Corinthians está em terceiro lugar.

Leia Também