Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PACAEMBU

Corinthians supera desfalques e vence o Internacional

Corinthians supera desfalques e vence o Internacional
16/08/2012 22:23 - terra


Mesmo desfalcado de peças fundamentais, principalmente o meio-campista Paulinho, o Corinthians manteve a reação na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Na noite desta quinta-feira, a equipe do Parque São Jorge venceu o Internacional pelo placar de 1 a 0, no Estádio do Pacaembu, e embalou para as duas próximas rodadas, as finais do primeiro turno, quando terá pela frente os clássicos contra Santos e São Paulo.

Conquistada a segunda vitória consecutiva na Série A, o Corinthians conseguiu entrar no grupo dos dez primeiros classificados do Brasileiro. O time comandado por Tite chegou aos 24 pontos e termina a 17ª rodada da competição na nona colocação. Já o Internacional, que também atuou com muitos desfalques, como D'Alessandro, Leandro Damião e Guiñazu, permanece com 30 pontos, na quinta posição.

Perto de encerrar a participação no primeiro turno do Brasileiro, o Corinthians volta a campo no próximo domingo, às 16h (de Brasília), quando o clube do Parque São Jorge irá à Vila Belmiro para reencontrar com o Santos, justamente a vítima corintiana na semifinal da conquista inédita da Copa Libertadores da América. Por outro lado, o Internacional segue na capital paulista, onde enfrentará no domingo, às 18h30, a Portuguesa, no Canindé.

Os desfalques importantes de nomes como Paulinho e Romarinho, fundamentais na vitória do último final de semana contra o Coritiba, tornaram o Corinthians previsível durante a primeira etapa no Pacaembu. Com pouca criatividade ofensiva, em virtude da forte marcação a Douglas, o clube do Parque São Jorge teve dificuldades para penetrar na defesa rival. A alternativa se limitava a Martínez, autor de boas jogadas individuais pelas pontas.

O Internacional, também com importantes desfalques, adotou uma postura defensiva na primeira etapa. A marcação reforçada no setor de meio-campo impedia qualquer possibilidade de ataque ao Corinthians, mas dificultava a própria criação do time colorado. A única alternativa dos gaúchos se ligava aos contra-ataques geralmente puxados por Jajá, que buscava o estreante Rafael Moura como referência.

A igualdade nos primeiros 45 minutos obrigou o Corinthians a buscar mais o jogo durante a etapa complementar. Desde o início, o time do Parque São Jorge buscou abrir o jogo pelas laterais, a fim de minar o seguro sistema defensivo do Internacional. Para isso, Tite tirou Adilson, escalado como centroavante, e optou pelo jovem Giovanni.

Sem conseguir penetrar na forte defesa do Internacional com a bola rolando, o Corinthians conseguiu abrir o marcador por intermédio da bola parada. Aos 23min, Douglas cobrou falta na medida na direção de Paulo André. O zagueiro corintiano se antecipou à defesa colorada e desviou firme de cabeça para promover a primeira e única grande festa para o público corintiano no Estádio do Pacaembu. A estreia de Zizao, relacionado para o jogo, fica para uma outra oportunidade.

Felpuda


Dois pedidos de desculpas, de autorias diferentes, foram assuntos muito comentados nas redes sociais com críticas ácidas às suas declarações, até porque os envolvidos não só os usaram despropositadamente, como tiveram de voltar a eles para se redimirem. Um deles, inclusive, quase criou uma crise política da-que-las, o que obrigou seu pai, figurinha carimbada, a pular miúdo para colocar panos quentes sobre a questão. Essa gente!...