Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 16 de novembro de 2018

pacaembu

Corinthians supera desfalques e vence o Internacional

16 AGO 2012Por terra22h:23

Mesmo desfalcado de peças fundamentais, principalmente o meio-campista Paulinho, o Corinthians manteve a reação na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Na noite desta quinta-feira, a equipe do Parque São Jorge venceu o Internacional pelo placar de 1 a 0, no Estádio do Pacaembu, e embalou para as duas próximas rodadas, as finais do primeiro turno, quando terá pela frente os clássicos contra Santos e São Paulo.

Conquistada a segunda vitória consecutiva na Série A, o Corinthians conseguiu entrar no grupo dos dez primeiros classificados do Brasileiro. O time comandado por Tite chegou aos 24 pontos e termina a 17ª rodada da competição na nona colocação. Já o Internacional, que também atuou com muitos desfalques, como D'Alessandro, Leandro Damião e Guiñazu, permanece com 30 pontos, na quinta posição.

Perto de encerrar a participação no primeiro turno do Brasileiro, o Corinthians volta a campo no próximo domingo, às 16h (de Brasília), quando o clube do Parque São Jorge irá à Vila Belmiro para reencontrar com o Santos, justamente a vítima corintiana na semifinal da conquista inédita da Copa Libertadores da América. Por outro lado, o Internacional segue na capital paulista, onde enfrentará no domingo, às 18h30, a Portuguesa, no Canindé.

Os desfalques importantes de nomes como Paulinho e Romarinho, fundamentais na vitória do último final de semana contra o Coritiba, tornaram o Corinthians previsível durante a primeira etapa no Pacaembu. Com pouca criatividade ofensiva, em virtude da forte marcação a Douglas, o clube do Parque São Jorge teve dificuldades para penetrar na defesa rival. A alternativa se limitava a Martínez, autor de boas jogadas individuais pelas pontas.

O Internacional, também com importantes desfalques, adotou uma postura defensiva na primeira etapa. A marcação reforçada no setor de meio-campo impedia qualquer possibilidade de ataque ao Corinthians, mas dificultava a própria criação do time colorado. A única alternativa dos gaúchos se ligava aos contra-ataques geralmente puxados por Jajá, que buscava o estreante Rafael Moura como referência.

A igualdade nos primeiros 45 minutos obrigou o Corinthians a buscar mais o jogo durante a etapa complementar. Desde o início, o time do Parque São Jorge buscou abrir o jogo pelas laterais, a fim de minar o seguro sistema defensivo do Internacional. Para isso, Tite tirou Adilson, escalado como centroavante, e optou pelo jovem Giovanni.

Sem conseguir penetrar na forte defesa do Internacional com a bola rolando, o Corinthians conseguiu abrir o marcador por intermédio da bola parada. Aos 23min, Douglas cobrou falta na medida na direção de Paulo André. O zagueiro corintiano se antecipou à defesa colorada e desviou firme de cabeça para promover a primeira e única grande festa para o público corintiano no Estádio do Pacaembu. A estreia de Zizao, relacionado para o jogo, fica para uma outra oportunidade.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também