Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

BRASILEIRO

Corinthians reencontra a vitória diante do Palmeiras

25 OUT 2010Por são paulo00h:45

 

Na reta decisiva do Campeonato Brasileiro, o Corinthians ganha um importante fôlego na briga pelo título. O Timão aproveitou ontem a empolgação pela estreia do técnico Tite e, principalmente no primeiro tempo, mostrou um futebol bem diferente dos últimos sete jogos em que não conseguiu vencer. O resultado: bateu o Palmeiras por 1 a 0 no Pacaembu.
Em sua primeira partida na volta ao Parque São Jorge, Tite evitou invenções. No esquema 4-4-2, ele decidiu dar liberdade a Bruno César, que mostrou um bom futebol enquanto teve fôlego. Aliás, o meia fez o gol da vitória na etapa inicial.
Do lado palmeirense, a principal lamentação é pelo fim da invencibilidade de nove jogos entre Campeonato Brasileiro e Copa Sul-americana. Na classificação da competição nacional, o Verdão tem 44 pontos e permanece sem perspectiva imediata de alcançar a zona de classificação da Libertadores. Portanto, promete continuar priorizando o torneio sul-americano.
Na próxima rodada do Brasileirão, o Corinthians entra em campo na quarta-feira à noite para mais um clássico, desta vez diante do Flamengo, no estádio Engenhão. O Palmeiras, em compensação, joga contra o Goiás, sábado, às 17h30min (MS), na Arena Barueri.
 
O jogo
A troca de técnico no Corinthians pareceu ter animado Bruno César para o início do clássico. O camisa 10, que chegou a reclamar do posicionamento durante a passagem de Adílson Batista no clube, chamava a responsabilidade das ações ofensivas do Alvinegro. Na base da velocidade, o Timão criou as primeiras oportunidades, porém os arremates de Jucilei e Ronaldo foram pela linha de fundo.
O único gol da partida foi marcado aos 22 minutos. Em jogada com a participação de Jucilei e Roberto Carlos, a bola chegou até Bruno César. Confiante, o camisa 10 mandou a bomba e contou com o desvio em Marcos Assunção para enganar Deola. “Peguei muito bem na bola e ainda bem que desviou”, exaltou o autor do tento.
Para o segundo tempo, o Palmeiras adotou uma postura ofensiva, com as entradas de Patrik e Valdívia nas vagas de Luís Felipe e Lincoln. Inteligente, o Corinthians começou a explorar a saída do lateral direito palmeirense. Iarley quase marcou em chute cruzado.
Por outro lado, a entrada de Valdívia trouxe a criatividade que faltava ao Palmeiras. No ataque, o Verdão incomodou Julio Cesar em finalizações de Marcos Assunção, Luan, duas vezes, e Tinga. O goleiro corintiano mostrava-se seguro.
No fim, o palmeirense ainda teve que lamentar o fato de Valdívia sentir novamente as dores na coxa. Ele acabou substituído por Dinei e acompanhou os minutos derradeiros do jogo no banco.

Leia Também