Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 13 de novembro de 2018

LONGE DO TÍTULO

Corinthians quer 'tumultuar' contra líderes

28 AGO 2012Por TERRA00h:00

A distância do Corinthians para a liderança do Campeonato Brasileiro faz até os mais otimistas jogadores alvinegros admitirem que o título ficou muito difícil. Porém, o elenco não está disposto apenas a cumprir tabela no Nacional. Prestes a encarar uma sequência contra os times do G-4, o lateral esquerdo Fábio Santos explica que o clube almeja atrapalhar os candidatos ao troféu.

"Nas próximas quatro rodadas, jogaremos contra os três primeiros e teremos a chance de dar uma tumultuada na classificação. Nosso objetivo é tirar pontos dos times de cima, mesmo se não chegarmos perto. Perdemos para as três equipes no primeiro turno e vamos tentar roubar pontos agora", afirmou.

Na quarta-feira, a equipe do técnico Tite enfrentará o vice-líder Fluminense, no Rio de Janeiro. No domingo, o clube alvinegro enfrentará o primeiro colocado do Brasileiro, o Atlético-MG, no Pacaembu. Na sequência, o Corinthians duelará contra um adversário mais frágil, o lanterna Figueirense, antes de encarar o detentor do terceiro lugar, Grêmio, dia 8 de setembro.

Depois das derrotas para Santos e São Paulo, Fábio Santos vê os jogos contra os líderes como a oportunidade de recuperação, ainda mais por ter sido derrotado pelos três times no primeiro turno, quando ainda poupava jogadores para a Libertadores.

"A equipe está bem madura e sabe absorver o momento, seja bom ou ruim. Temos de conseguir somar pontos, porque é importante para subir na tabela. O Fluminense é uma grande equipe, forte dentro de casa, mas sabemos nos comportar fora e temos tudo para retomar as vitórias", acrescentou.

Com os tropeços recentes, o Corinthians aparece no 12º lugar, com 24 pontos, enquanto o Atlético-MG aparece com 43, ainda com um jogo a menos na tabela.

Gazeta Esportiva

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também