Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

Corinthians lidera receitas em 2010; Santos tem maior avanço

17 MAI 2011Por terra01h:00

Com R$ 212,633 milhões, o Corinthians foi o clube que mais arrecadou no futebol brasileiro em 2010. De acordo com levantamento realizado pela área de Total Sport da consultoria BDO RCS, e publicado pelo site Futebol Finance, os corintianos aumentaram seu faturamento em 17% - na temporada 2009, o clube presidido por Andrés Sanchez já era o líder do ranking.

Na cola do Corinthians vem o Internacional, que faturou o título da Copa Libertadores no ciclo e aumentou seu quadro de associados além dos 100 mil. O Colorado foi o único, além dos corintianos, a também superar duas centenas - somou R$ 200,798 milhões. O São Paulo (R$ 195,715 milhões), o Palmeiras (R$ 148.289 milhões) e o Flamengo (R$ 128.558 milhões) completam o grupo de cinco primeiros.

O levantamento considera também o clube que mais aumentou seu arrecadamento em relação à temporada anterior. O primeiro colocado nesse sentido é o Santos, que sob o comando do presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro atingiu R$ 116.508 milhões, um crescimento de 66% em relação à 2009 - quando teve cerca de R$ 70 milhões.

No levantamento, foram contabilizados 19 dos 20 clubes que disputaram a Série A de 2010, exceção feita ao Atlético-GO. Além desses, também constam Coritiba, Bahia, São Caetano, Figueirense, Ponte Preta e Paraná Clube, que ficou em último lugar na arrecadação com R$ 14,5 milhões.

A arrecadação de cada clube em 2010:

1) Corinthians - R$ 212,6 milhões
2) Internacional - R$ 200,7 milhões
3) São Paulo - R$ 195,7 milhões
4) Palmeiras - R$ 148,2 milhões
5) Flamengo - R$ 128,5 milhões
6) Santos - R$ 116,5 milhões
7) Grêmio - R$ 113,6 milhões
8) Cruzeiro - R$ 101,3 milhões
9) Atlético-MG - R$ 93,2 milhões
10) Vasco da Gama - R$ 83,5 milhões
11) Fluminense - R$ 76,8 milhões
12) Atlético-PR - R$ 67,7 milhões
13) Botafogo - R$ 52,6 milhões
14) Vitória - R$ 42,1 milhões
15) Avaí - R$ 31,9 milhões
16) Coritiba - R$ 30,6 milhões
17) Goiás - R$ 30,3 milhões
18) Portuguesa - R$ 24,6 milhões
19) Guarani - R$ 22,9 milhões
20) Bahia - R$ 20,5 milhões
21) São Caetano - R$ 19,1 milhões
22) Ponte Preta - R$ 19,0 milhões
23) Grêmio Prudente - R$ 17,5 milhões
24) Figueirense - R$ 16,8 milhões
25) Paraná Clube - R$ 14,5 milhões

Leia Também