sábado, 21 de julho de 2018

FUTEBOL

Corinthians impõe prazo para ter Adriano

7 DEZ 2010Por FOLHA ONLINE07h:31

O Corinthians já começa a mudar seu discurso sobre a possível contratação do atacante Adriano. Até a semana passada, repatriar o jogador da Roma era "muito difícil" para a diretoria corintiana.

Agora, o clube pôs um prazo para encerrar as negociações: 19 de dezembro.

Neste dia será disputado a 17ª rodada do Campeonato Italiano, que, depois disso, será paralisado por 20 dias. Até lá, o Corinthians quer que o tema seja resolvido.

O maior entusiasta da contratação de Adriano pelo time do Parque São Jorge é Ronaldo. O Fenômeno atua em várias frentes para que o Corinthians contrate Adriano.

Nos bastidores, fala todos os dias com o amigo. Tenta convencê-lo a se livrar da Roma e voltar para o Brasil.

Publicamente, o camisa 9 pressiona o clube a contratar um atacante de nome. "Ano que vem, eu não vou jogar todos os jogos", disse o Fenômeno. "O time não pode depender só de mim."

Ronaldo tem no técnico Tite um aliado. No topo da lista de prioridades do treinador, está exatamente a contratação de um atacante para substituir Ronaldo --que só jogou 26 partidas neste ano.

Tite se queixou internamente de que não tinha uma opção a Ronaldo. Tanto que, quando o camisa 9 se machucou, o treinador armou o ataque com Jorge Henrique e Dentinho, sem centroavante.

"O Adriano está acima de qualquer avaliação", disse o técnico Tite ainda no Serra Dourada, no domingo à noite, sem se estender.

O contrato de Adriano com a Roma vai até a metade de 2013. O Corinthians tenta contratá-lo nos mesmos moldes que o São Paulo fez em 2008, com a Inter de Milão: por empréstimo, sem pagamento de multa rescisória.

"Quando o jogador quer sair de um clube, ele sai. Todas as vezes que saí de um clube, foi por minha vontade", disse Ronaldo, instigando Adriano a fazer o mesmo.

Adriano ganha o equivalente a R$ 660 mil por mês na Roma, onde é pouco aproveitado. O Corinthians cogita pagar até R$ 400 mil mensais --mesmo salário em carteira de Ronaldo, que fatura quase o triplo com patrocínios.

No caso de Adriano, não haveria participação do marketing na negociação.

O Palmeiras também tenta repatriar o atacante de 28 anos. O agente do jogador, Gilmar Rinaldi, diz que a intenção de Adriano é continuar no elenco da Roma.

Nesta semana, uma reunião entre Tite, o diretor de futebol corintiano, Mario Gobbi, e o presidente Andres Sanchez vai definir as prioridades do time para 2011.

Por enquanto, a equipe perdeu o zagueiro William, que se aposentou, e o volante Elias, vendido ao espanhol Atlético de Madri por 7 milhões euros (cerca de R$ 16 milhões). O Corinthians ficou com 50% desse valor.

Leia Também