Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

BRASILEIRÃO

Corinthians e Guarani empatam sem gols

17 OUT 2010Por 17h:21

O Corinthians entrou no gramado do estádio Brinco de Ouro, neste domingo, sob forte pressão vinda dos maus resultados nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. Contra o Guarani, a equipe tentava quebrar a incômoda sequência de seis jogos sem vitória (nesse período foram quatro derrotas e dois empates) na competição. Contando com a volta de Ronaldo, que se movimentou bem no primeiro tempo, o Timão não conseguiu sair do empate por 0 a 0 com o Bugre e prorrogou a sua má fase na competição.

A partida foi a segunda do interino Fábio Carille no comando do Timão, já que ele havia comandado a equipe na derrota contra o Vasco, na última rodada, por 2 a 0. Já que o clube deve anunciar um acerto com Tite nas próximas horas, este deve ter sido o último jogo de Carille à frente do Corinthians.

Com o resultado deste domingo o Timão chegou aos 50 pontos, e agora pode perder a terceira posição do torneio em caso de vitória do Santos no clássico contra o São Paulo, que ocorre às 18h30 (de Brasília) deste domingo.

O Guarani, por sua vez, chegou ao quinto jogo sem uma vitória, (com três derrotas e dois empates), e já vê o risco de rebaixamento para a Série B do ano que vem aumentar. Com 35 pontos, porém, o Bugre ainda tem uma vantagem de cinco pontos para a zona da degola

Na próxima rodada o Bugre jogará novamente como mandante, desta vez contra o Atlético-GO, no sábado, às 18h30 (de Brasília), no estádio Brinco de Ouro. Já o Corinthians terá um jogo que será importante não só pelo péssimo momento no Brasileirão, mas também pela rivalidade histórica: a equipe enfrentará o Palmeiras no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no Pacaembu.

Apesar de atuar como visitante, o Corinthians levou mais perigo à meta adversária durante todo o primeiro tempo. Logo no começo da partida, Ronaldo já mostrava que, mesmo não estando na sua melhor forma física, ainda podia fazer a diferença a favor do Timão. No primeiro minuto da partida o atacante tabelou com Defederico, que foi travado pela marcação no momento da finalização.

Aos quatro minutos, o Fenômeno demonstrou que está longe de perder o faro do gol. Após cruzamento de Roberto Carlos, o atacante dividiu com o goleiro Douglas e a bola acabou entrando no gol. Porém, o auxiliar Ednilson Corona anulou o gol, marcando impedimento.

Um minuto depois, Ronaldo recebeu de Defederico, conseguiu um primeiro drible na marcação, mas foi travado pelo zagueiro Ailson a tempo. A bola acabou passando à direita do goleiro Douglas.

A primeira chance do Guarani veio aos 11 minutos. Em um escanteio o zagueiro Fabão subiu livre, cabeceou forte, mas viu Chicão tirar a bola em cima da linha.

Mais eficiente, o Corinthians utilizava muito bem o atacante Ronaldo como referência na área, e levava perigo a cada vez que o Fenômeno pegava na bola. Em uma delas, aos 19 minutos, Moacir aproveitou uma falha na saída de bola do Guarani e cruzou para Ronaldo que, livre, finalizou para o fundo das redes. Porém, o gol foi novamente anulado por Ednilson Corona, que deu impedimento muito duvidoso, já que Ronaldo parecia um pouco atrás do último defensor do Bugre.

Depois do lance, o Guarani conseguiu chegar um pouco mais ao campo de ataque do Corinthians, e levou perigo em algumas oportunidades, principalmente pelo lado esquerdo. Aos 23 minutos, Marcio Careca bateu forte e a bola passou perto. Dois minutos mais tarde o Bugre foi mais perigoso com Barboza, que tabelou com Mazola e obrigou o goleiro Julio Cesar a espalmar a bola no reflexo.

Entretanto, o Corinthians manteve o seu domínio na primeira etapa e teve pelo menos mais uma oportunidade para abrir o marcador. Aos 30 minutos o zagueiro Chicão pegou uma sobra de um escanteio e bateu forte, obrigando o goleiro Douglas a espalmar a bola para frente.

Na volta para o segundo tempo, o panorama do jogo parceia não ter mudado. Logo aos 2 minutos, o Corinthians conseguiu levar perigo ao adversário em um chute forte do volante Paulinho da intermediária, que foi espalmado pelo goeliro Douglas.

Porém, o Guarani conseguiu equilibrar a partida e chegou com perigo aos 7 minutos, em chute rasteiro de fora da área de Barboza, que acabou passando à esquerda do gol do Corinthians.

As chances de gol das duas equipes, por algum tempo, diminuíram, e só voltaram a aparecer depois dos 20 minutos. Aos 26, Danilo, que tinha acabado de entrar, fez um cruzamento na cabeça de Ronaldo, que perdeu a chance de forma incrível, cabeceando para fora. Logo depois, em novo cruzamento de Danilo, a bola sobrou livre para o lateral direito Moacir, que furou a bola e perdeu a oportunidade de melhorar a sua imagem com a torcida corintiana.

Nos últimos 15 minutos o jogo ficou emocionante, com chances para os dois lados. Aos 37, Mario Lucio cruzou na medida para Reinaldo, que cabeceou para fora, com muito perigo. Dois minutos depois o volante Paulinho, do Timão, ficou na cara do goleiro Douglas e deu um bonito toque por cobertura, mas a bola bateu caprichosamente na trave.

Entretanto, apesar da pressão final, nenhum time conseguiu ser eficiente nas finalizações e o resultado acabou sendo aquele que nem Corinthians nem Guarani desejavam: 0 a 0.
 

Informações da Gazeta Press

Leia Também