Sábado, 16 de Dezembro de 2017

PRESSIONADO

Corinthians cai para Ponte e completa
3 jogos de jejum

2 FEV 2014Por TERRA18h:27

Em jogo realizado neste domingo marcado por tensão, principalmente depois de os jogadores do Corinthians ameaçarem não entrar em campo após a invasão de torcedores ao CT Joaquim Grava neste sábado, o time alvinegro foi superado Pela Ponte Preta por 2 a 1, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

O resultado representa a terceira derrota corintiana seguida na temporada e deve desencadear uma crise ainda maior no Parque São Jorge. O clube perdeu, na sequência, para São Bernardo (1 a 0), Santos (5 a 1) e agora Ponte Preta. Os dois primeiros reveses motivaram um grupo de torcedores a invadirem o CT e agredirem jogadores e funcionários.

Por isso, a expectativa era de clima tenso no Moisés Lucarelli neste domingo. O clube da capital pareceu ter sentido os efeitos do calor e da pressão das torcidas organizadas ocorrida neste sábado e pouco criou no ataque. A Ponte Preta aproveitou logo no início o nervosismo do rival para abrir o placar.

Ademir foi acionado pela esquerda e cruzou para o meio da área. Alemão entrou com liberdade e abriu o marcador, para desespero dos corintianos em campo. Contudo, ainda na etapa inicial, Guilherme fez ótimo lançamento para Uendel, que entrou de cabeça e colocou no ângulo esquerdo de Roberto.

A Ponte retomou a dianteira aos 3min da etapa final. Ferrugem recebeu na entrada da área, deu bela finta em Gil e fez o segundo do time de Campinas. O segundo tempo seguiu truncado, com os dois clubes sem criar grandes oportunidades. Paulo André ainda foi expulso nos minutos finais.

Assim, a derrota deixa o Corinthians em situação delicada no Campeonato Paulista, com apenas seis pontos em 15 disputados. O próximo jogo da equipe é na quarta-feira, às 22h, no Pacaembu, contra o Bragantio.

A Ponte Preta, por sua vez, alcançou também os seis pontos, mas em quatro jogos disputados. O time de Campinas é apenas o terceiro colocado na sua chave e volta a campo na quarta, contra o Comercial, em Ribeirão Preto. 

Leia Também