Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 15 de dezembro de 2018

campeonato brasileiro

Corinthians bate Coritiba e vence pela 2ª vez

29 MAI 2011Por TERRA17h:01

Contestado antes do início do Campeonato Brasileiro, o Corinthians obteve a segunda vitória na competição nacional, após duas derrotas. Na tarde deste domingo, o clube do Parque São Jorge passou sufoco, mas derrotou o Coritiba, que entrou em campo com uma equipe reserva, pelo placar de 2 a 1, no Estádio Fonte Luminosa, em Araraquara. O confronto ficou marcado pela estreia do terceiro uniforme da agremiação paulista, na cor grená - uma homenagem ao Torino.

O resultado positivo mantém o Corinthians com um início perfeito na competição. Após duas rodadas, a equipe do Parque São Jorge soma seis pontos e ocupa a terceira colocação. Em contrapartida, o Coritiba, que visa a final da Copa do Brasil contra o Vasco, segue zerado - perdeu na estreia para o Atlético-GO, em casa.

O jogo
Punido pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por conta do comportamento indevido da torcida no clássico contra o Palmeiras, válido pelo Brasileiro de 2010, o Corinthians começou a partida na Fonte Luminosa adotando a postura que realmente incorpora o time nos jogos no Estádio do Pacaembu: pressão no campo ofensivo e correria para cima da defesa do adversário.

E a postura ousada rendeu o resultado esperado pelo público alvinegro logo nos primeiros instantes do duelo. Depois de assustar a defesa paranaense logo nos primeiros segundos, aos 4min, o clube do Parque São Jorge conseguiu abrir o marcador. Paulinho apanhou rebote na entrada da área, tabelou com Willian e finalizou com precisão para vencer Vanderlei.
Diante dos reservas do Coritiba e com a vantagem no marcador, o Corinthians ditou o ritmo do primeiro tempo. Apostando em jogadas pelo lado esquerdo com Fábio Santos, Willian, o principal atleta corintiano na etapa inicial, e Morais, a equipe alvinegra se manteve no campo ofensivo; contudo, não deixou de sofrer no campo defensivo.

Aos poucos, o Coritiba se soltou dentro de campo e conseguiu equilibrar o confronto, criando a primeira boa oportunidade aos 22min. Everton Ribeiro, ex-jogador do Corinthians, cruzou para a direção da segunda trave, visando Geraldo. Contudo, antes de a bola chegar nos pés do atleta angolano, Júlio César espalmou para escanteio.
O susto acordou o Corinthians. A equipe paulista retomou o controle da partida e ditou o ritmo do confronto no meio-campo, especialmente por conta da boa atuação do volante Paulinho. E, em momentos esporádicos, o clube assustava o goleiro Vanderlei. Aos 42min, Morais arriscou de fora da área e exigiu uma linda defesa do camisa 1 do Coritiba.

A tranquilidade do Corinthians na partida acabou atrapalhada logo a 1min da segunda etapa. O lateral direito Alessandro, única opção da equipe para o jogo, sentiu uma lesão e precisou deixar o confronto. Sem nomes, Tite precisou recorrer ao meio-campista Moradei, novamente improvisado no setor.
Com a alteração, o Corinthians caiu de rendimento e viu o Coritiba controlar a partida. Melhor em campo, o time visitante cresceu ainda mais no embate depois da saída de Willian, principal opção ofensiva corintiana, que acabou substituído por Jorge Henrique e o público vaiou Tite ao ver a alteração.

A consequência desta mudança ocorreu aos 27min da segunda etapa. Após levantamento para a área, Jéci tocou de cabeça na direção de Leonardo. Em posição duvidosa, o zagueiro completou para as redes e decretou a igualdade.

O empate sofrido obrigou Tite a retomar uma postura mais ofensiva para buscar a vitória. Para buscar a vitória, o treinador adiantou Danilo para atuar mais próximo de Liedson, pelo lado esquerdo. E, justamente a presença de área do camisa 10, resolveu a partida para o time do Parque São Jorge.

Aos 34min, Jorge Henrique cruzou na medida para Danilo, bem posicionado, escorar para dentro das redes adversárias. Vaiado durante o confronto, da mesma forma que o treinador corintiano, o camisa 10 aliviou a situação da equipe dentro do confronto.

Aliviou em relação à torcida, porque até o final o clube paranaense buscou a igualdade. Aos 43min, Anderson Aquino acertou a trave. No rebote, Leonardo pegou a sobra e exigiu uma ótima defesa de Júlio César. A intervenção do camisa 1 assegurou a segunda vitória do Corinthians no Campeonato Brasileiro e na estreia, o clube alvinegro batera o Grêmio por 2 a 1, no Estádio Olímpico.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também