Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 12 de novembro de 2018

Coreia do Sul arrasa e elimina Brasil sem perder sets no tênis de mesa

3 AGO 2012Por terra08h:55

A equipe brasileira formada por Caroline Kumahara, Ligia Silva e a chinesa naturalizada Lin Gui foi derrotada na estreia pela equipe sul-coreana no tênis de mesa, na ExCeL Arena, nesta sexta-feira, e foi eliminada da Olimpíada de Londres. Kyungah Kim, Hajung Seok e Miyoung Park venceram por três partidas a zero, sempre sem perder sets, e avançaram para a segunda rodada, o equivalente às quartas de final.

A disputa por equipes acontece com quatro jogos individuais e um de duplas. A equipe que vencer três partidas, em uma melhor de cinco, classifica-se. Como as sul-coreanas venceram três duelos consecutivos, o time nacional está fora dos Jogos. As brasileiras também já tinham sido eliminadas no torneio de simples em Londres.

A disputa nesta sexta começou com o jogo de simples entre a brasileira Caroline Kumahara e a sul-coreana Kim, que venceu com facilidade. Diferentemente da competição individual, na qual a partida de simples acontece em melhor de sete sets, na disputa por equipes todos os jogos são feitos em melhor de cinco sets. A sul-coreana não tomou conhecimento da brasileira e venceu por 3 sets a 0, parciais de 11/2, 11/3 e 11/6.

O segundo jogo da série foi mais complicado, mas a sul-coreana Seok venceu Lin Gui, também por 3 sets a 0, parciais de 11/8, 11/5 e 11/8. No terceiro duelo - de duplas -, as sul-coreanas Park e Kim bateram as brasileiras Lin Gui e Ligia Silva, mais uma vez por 3 sets a 0, parciais de 11/5, 11/5 e 11/6, encerrando a série e eliminando as representantes do País.

No tênis de mesa, o Brasil não tinha disputado o torneio feminino por equipes na Olimpíada de Pequim, 2008. Na China, as anfitriãs ficaram com o ouro, enquanto Cingapura conquistou a prata e a Coreia do Sul, o bronze.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também