Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

mundo

Coreia do Sul adia ratificação do tratado comercial com UE

9 MAR 2011Por veja online14h:25

Devido à resistência da oposição, o parlamento sul-coreano adiou até abril as discussões sobre a ratificação do Tratado de Livre-Comércio com a União Europeia, informou a imprensa do país nesta quarta-feira.

A previsão do governista Grande Partido Nacional (GPN) era que o tratado fosse submetido à votação nesta quarta-feira para que fosse ratificado antes do término do atual período extraordinário de sessões, que irá até sábado. A oposição, porém, conseguiu adiar o procedimento com o pedido para que sejam analisadas mais a fundo as repercussões econômicas do acordo. "Chegamos a um acordo com a oposição para discutir o tratado na sessão de abril", indicou o legislador do GPN Yoo Ki-june à agência Yonhap.

O Partido Democrático, o principal grupo da oposição, indicou que ainda não decidiu se apoiará o tratado, embora o partido governista seja majoritário na Assembleia Nacional.

O tratado suprimirá 98% das tarifas e outras barreiras comerciais aos produtos agrícolas, bens manufaturados e serviços nos primeiros cinco anos de vigência. Coreia do Sul e União Europeia assinaram o acordo no final de outubro com o objetivo de que entrasse em vigor em 1º de julho deste ano. O Parlamento Europeu aprovou o texto do acordo em 17 de fevereiro.

A UE é o segundo maior parceiro comercial da Coreia do Sul - atrás apenas da China -, com trocas comerciais no valor de 92,2 bilhões de dólares em 2010, segundo dados do Ministério das Finanças sul-coreano.

(com agência EFE)
 

Leia Também