Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DECORAÇÃO

Cor preta 'apaga' paredes e aumenta ambiente

Cor preta 'apaga' paredes e aumenta ambiente
20/08/2012 00:00 - terra


Muita gente acha que o preto tem o efeito de diminuir os ambientes. Mas, na verdade, o efeito é o contrário. “Essa cor fornece profundidade visual, pois 'apaga' a parede e faz crescer o cômodo”, afirma o arquiteto Diogo Oliva, do Estúdio doisA, de São Paulo. Já paredes brancas, por exemplo, saltam aos olhos e marcam claramente os limites do imóvel.

Quando fez o projeto de um apartamento com poucas divisões, o arquiteto não teve dúvidas: carregou de preto na cozinha, para combinar com a sala. As cadeiras do balcão e a geladeira, no entanto, são em amarelo, e saltam aos olhos em meio ao tom escuro. Oliva justifica a opção ao apontar outra característica do preto: “Como é uma cor neutra, destaca elementos pontuais coloridos”.

Para a designer de cores da Suvinil Ana Kreutzer, esse tom passa a impressão de “sofisticação, seriedade, confiança e poder.” Não por acaso, reforça Oliva, o preto é muito usado em acabamentos mais sofisticados. O que não quer dizer que passe sempre a sensação de sisudez. “Quando aplicado em listras e outras formas gráficas com branco, ajuda a criar movimento, deixando o ambiente descontraído e divertido”, comenta Ana.

Ele cabe em qualquer ambiente. Em alguns casos, no entanto, convém dar atenção especial à luz. “Em locais de permanência curta, como banheiros e lavabos, não há problema. Mas naqueles em que se fica mais tempo, como cozinhas e salas, é preciso uma iluminação boa, caso contrário, o cômodo fica muito escuro”, adverte Oliva.

Ana prefere usá-lo em ambientes pequenos e de permanência curta, como lavabos. Para os amplos, sugere pintar apenas uma parede com a cor. “Dá um ar de sofisticação”, argumenta. Só não é preciso ser comedido nas salas de home theater, em que o tom escuro vai especialmente bem, pois potencializa o brilho e a luminosidade das televisões de LED.
 

Felpuda


Alguns políticos estão se aproveitando deste momento preocupante de pandemia para sugerir projetos oportunistas que, em alguns casos, são de resultados extremamente duvidosos. O mais interessante – para não dizer outra coisa – é que se for analisado o desempenho normal dessas figuras, verifica-se que essa preocupação toda nunca esteve no topo das suas prioridades. Ano eleitoral é assim mesmo. Lamentável!