Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

ASSUNÇÃO

Contra o Cerro Porteño, Keirrison quer rever bom início de ano

13 ABR 2011Por ESTADÃO23h:45

Sem Neymar e Zé Eduardo, suspensos, o técnico Muricy Ramalho terá que recorrer à dupla que se destacou no comando de ataque do Santos no início da temporada: Maikon Leite e Keirrison. Os dois serão titulares santistas no jogo desta quinta-feira, contra o Cerro Porteño. em Assunção, pela penúltima rodada da fase de classificação da Copa Libertadores.

Keirrison quer aproveitar a chance com Muricy Ramalho para mostrar o mesmo futebol dos primeiros jogos da temporada. "Eu estava bem e sai do time quando o Neymar voltou da seleção brasileira (sub 20) e Diogo foi contratado. Estava fazendo gol e espero repetir as boas atuações e ajudar o Santos a conseguir essa importante vitória", disse o atacante.

O ex-palmeirense, emprestado ao Santos pelo Barcelona, tem motivos para estar confiante. Seu rendimento melhorou com a volta de Ganso e a parceria com Maikon Leite costuma dar certo: "Já atuamos algumas vezes juntos e graças a Deus fomos muito felizes. Esperamos fazer uma grande partida em nesse jogo decisivo. A equipe que entrar em campo vai fazer o seu máximo", prometeu o atacante, que fica na Vila Belmiro até o final da Libertadores.

O Santos precisa da vitória para se manter com possibilidade de classificação às oitavas de final da competição. Em terceiro lugar no grupo 5, com cinco pontos ganhos - três atrás dos paraguaios e a quatro do líder Colo Colo - o time paulista pode se complicar até mesmo com um empate. Seus rivais pela vaga se enfrentam na última rodada e poderiam, assim, se classificar com um simples empate.

Apesar da necessidade de vitória, Muricy tende a escalar o time com três volantes na ausência de Elano, que, assim como Neymar e Zé Eduardo, foi expulso do jogo contra o Colo Colo, há uma semana. A equipe teria: Rafael; Pará, Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Arouca, Danilo e Paulo Henrique Ganso; Maikon Leite e Keirrison.

Leia Também