Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

JAPÃO

Contaminação em usina nuclear no início de abril é 20 mil vezes superior ao normal

21 ABR 2011Por AGÊNCIA BRASIL14h:41

A Tokyo Electric Power Company (Tepco), que administra a Usina Nuclear de Fukushima Daiichi, no Japão, divulgou hoje (21) o balanço sobre o nível de radiação na região em abril. Nos seis primeiros dias do mês, o nível de radiação na área foi de 20 mil vezes superior ao limite anual considerado normal no complexo nuclear.

As informações são da rede estatal de televisão, NHK. A direção da empresa confirmou ainda que a radiação identificada na água, que vazou do reator número 2 da usina, é 100 vezes superior ao apontado como regular. Nos últimos dias, segundo a administradora de Fukushima, o nível de radiação caiu.

O esforço da Tepco é para controlar o vazamento da água em direção ao mar que cerca a usina. Funcionários trabalham de forma contínua para identificar as rotas de vazamentos e monitorar os dados. A região foi toda isolada e há um alerta mantido.

Os vazamentos e as explosões na usina foram provocados pelo terremoto e um tsunami, em 11 de março, que provocaram rachaduras e falhas nos reatores de Fukushima Daiichi. Os acidentes levaram as autoridades japonesas a decretar o alerta na região envolvendo 12 áreas específicas.

A partir da meia-noite de hoje (horário do Brasil) os moradores de uma área que compreende um raio de 20 quilômetros ao redor da usina não poderão entrar na região. Alimentos e água dessa localidade estão proibidos. A comunidade internacional estabeleceu restrições para a compra de produtos e mercadorias vendidas pelo Japão.

Leia Também