sexta, 20 de julho de 2018

Consumo de gás tem alta de 54% no País

29 SET 2010Por 00h:00

Wellington Bahnemann (AE)
 
As concessionárias estaduais registraram um consumo recorde de gás natural em agosto, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás). Na comparação com igual mês de 2009, as vendas totais subiram 54,4%, de 36,95 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d) para 57,06 milhões de m³/d. Esse volume superou o recorde anterior, que foi de 51,7 milhões de m³/d em outubro de 2008.
Excluída a venda de gás para a geração elétrica, as distribuidoras apuraram alta de 12,02% no consumo do mercado não térmico (residências, comércio, indústrias e automotivo), de 34,42 milhões de m³/d para 38,56 milhões de m³/d.
O forte consumo de gás está associado à elevada demanda do insumo pelas termoelétricas. Com os reservatórios das hidrelétricas nos níveis mais baixos dos últimos anos, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) determinou a operação das térmicas para garantir o suprimento de energia elétrica ao País. Por conta disso, o consumo de gás pelas usinas cresceu 632,06% no período, de 2,52 milhões de m³/d para 18,49 milhões de m³/d.
Esse volume deve continuar crescendo nos próximos meses, uma vez que o ONS intensificou a operação das térmicas para poupar o reservatório das hidrelétricas.  No período, as vendas do insumo para a classe industrial cresceram 14,5%, para 27,38 milhões de m³/d.
No segmento de cogeração, que também contabiliza a demanda de algumas indústrias, apresentou alta de 11,35%, para 3,13 milhões de m³/d. São esses dois mercados que explicam a expansão de 12,02% do mercado não térmico de gás natural. As vendas para os clientes residenciais somaram 868,1 mil m³/d em agosto de 2010, estável em relação aos 867,8 mil m³/d registrados em agosto de 2009.

Leia Também