Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CIÊNCIA E SAÚDE

Consumo de álcool aumena risco de Câncer de mama

Consumo de álcool aumena risco de Câncer de mama
04/03/2011 01:30 - Diario do grande ABC


Um estudo do Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos constatou que o consumo moderado de álcool aumenta o risco da mulher desenvolver o câncer de mama. Para as mulheres que estão na pré-menopausa, dois drinques por dia causam um aumento dos níveis de estrogênico no corpo, o que seria o responsável pelo surgimento do câncer de mama.

As mulheres que bebem de forma moderada, de uma ou duas doses diárias de álcool, aumentam em 32% as chances de desenvolver os tumores. Aquelas que bebem menos de uma dose diária aumentam os riscos em 7%.

As mulheres que bebem três ou mais doses diárias podem aumentar em até 51% os riscos de desenvolver o câncer de mama. A relação entre álcool e câncer não é de hoje e o tipo de bebida que causa a doença é indiferente. Cerveja, vinho ou destilado, o responsável pela doença é o etanol contido neles. Os médicos aconselham que as mulheres façam uso da bebida eventualmente. O limite máximo é de dois drinques por dia para homens e um para mulheres.

Felpuda


Mensagens trocadas por aí mostram que deverá “virar moda” políticos anunciarem que testaram positivo para a Covid-19. E sem medo de dizer que isso é porque o presidente Jair Bolsonaro anunciou ter sido infectado, e aí essa tchurminha estaria interessada também em ganhar holofotes. Porém, ressaltam que, como não se pode duvidar de coisa séria, o jeito é desejar “restabelecimento”. E não deixam de lembrar que o risco é a população descobrir que não fazem a menor falta. Essa gente...