terça, 17 de julho de 2018

CONSUMIDOR

Consumo cresce e produtos 'não-básicos' entram no carrinho

19 OUT 2010Por Infomoney07h:15

O consumo cresceu 13% no primeiro semestre deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado, conforme levantamento da Kantar Worldpanel. O percentual é menor que o verificado nos primeiros seis meses do ano passado, frente a 2008, quando o crescimento do consumo foi de 19%.

Apesar da desaceleração, a novidade é que os brasileiros estão se permitindo ir além das despesas essenciais e passaram a consumir produtos considerados não básicos.

Produtos
A penetração de produtos como sorvete, bebida de soja, petit suisse, suco pronto e massa instantânea aumentou neste ano. Já em números de unidades, o detergente líquido lidera a lista, que ainda tem a bebida de soja, petit suisse, suco pronto e leite fermentado.

No primeiro semestre deste ano, frente ao mesmo período do ano passado, os consumidores passaram a gastar mais com detergente líquido para roupas, açúcar, sorvete, bebida de soja e petit suisse.

Por outro lado, no período, alguns produtos receberam menos atenção dos consumidores. A penetração de manteiga, extrato, pasteurizado, polpa+purê e suco concentrado caiu no primeiro semestre. Polpa+purê, pasteurizado, farinha de trigo, café solúvel e adoçante entraram na lista dos produtos que os consumidores menos gastaram.

Despesas básicas
Um dos motivos para essa mudança é a queda do comprometimento da renda com despesas básicas, como serviço público, habitação, alimentação e bebida dentro do lar e transporte.

Para se ter uma ideia, a pesquisa mostra que as despesas básicas comprometiam 60% da renda dos brasileiros em 2005. Em 2009, esse comprometimento caiu para 53%.

Entre a classe AB, o percentual alcançou os 52%. Na classe C, 55% da renda é direcionada para as despesas básicas e na classe DE, esse percentual chega a 57%.

Leia Também