terça, 17 de julho de 2018

Consumidores lotam lojas da Capital para comprar brinquedos

10 OUT 2010Por 03h:30

ADRIANA MOLINA

As lojas de brinquedos do Centro, Shopping e o Camelódromo estavam lotadas ontem, por conta do Dia das Crianças. Comerciantes já contabilizam acréscimo da ordem de 10% nas vendas, frente ao mesmo período do ano passado. Mesmo com o feriado prolongado, que levou muitas pessoas a viajar, consumidores foram às compras ontem. Hoje, a abertura das lojas do Shopping Campo Grande e as localizadas no centro é facultativa. O Camelódromo só volta a atender na segunda-feira.
Para o segmento, a data é considerada o segundo Natal do ano. E, ao que tudo indica, o faturamento deve alcançar os R$ 17,5 milhões apenas na Capital, e entre R$ 35 e R$ 40 milhões em todo o Estado, segundo estimativa da Federação do Comércio de Mato Grosso do Sul (Fecomércio-MS).
Muitos lojistas se prepararam antecipadamente para a data. A gerente da loja Zastras, Sônia Amarillha Dutra, conta que desde agosto aumentou em 80% o estoque da empresa por conta do otimismo do período e, ontem, muitos itens já estavam esgotados. “Não temos mais bicicletas e vários modelos da boneca Barbie. O movimento tem sido muito grande desde a última segunda-feira ”, revela.
A empresa, inclusive, aumentou o horário de funcionamento em três horas e também o número de funcionários para conseguir atender todos que vão até o estabelecimento à procura de presentes para o Dia das Crianças. Entre os mais vendidos estão os carrinhos e motos elétricos para os meninos, que custam a partir de R$ 99; e as variações da boneca Barbie para as meninas, com preços que começam em R$ 49.

Shopping
No Shopping Campo Grande, a Hi Happy ontem estava lotada e, segundo a gerente Raquel Cavalheiro Leite, a movimentação é maior desde o final de setembro. “Diferente do ano passado, muitos se adiantaram na compra dos presentes. Percebemos maior procura mais cedo, embora o volume dos que deixam para a última hora também está grande”, conta.
O local, segundo pesquisa feita pela Fecomércio-MS em parceria com o Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais (Nepes/Uniderp-Anhanguera), é preferência de 48% das crianças, que gostariam que seus pais as levassem para escolher o presente do Dia das Crianças. Já entre os pais, o Shopping foi escolhido por 26% dos entrevistados.

Leia Também