terça, 17 de julho de 2018

promoções de celular

Consumidor dá adeus a bônus do “Pula-Pula”

13 JAN 2011Por Carlos Henrique Braga00h:00

Acabou a farra de bônus das promoções de celular que marcaram a chegada em Mato Grosso do Sul da operadora de telefonia Brasil Telecom, em 2004. O "Pula-Pula", em três versões (2004, Verão e Verão 2), não vale desde o dia 1º. Ele distribuía milhares de reais em ligações todo mês, bastava recarregar a cada 90 dias. O Verão 2, restrito a um grupo de clientes, não tinha limites de bônus.

A promoção durou mais do que a companhia, encampada pela Oi em 2009. A nova operadora não estendeu os benefícios e ofereceu planos, digamos, menos empolgantes para quem já acumulou R$ 9 mil de bônus, como o comerciante Eli Munhoz, de Campo Grande. "A gente sabia que ia acabar em 2010, parecia tão longe, mas chegou", diz. Os bônus de dezembro acabam no fim deste mês. Daí em diante, a conta vai subir.

A vendedora de celulares Vânia Costa lembra do corre-corre para levar um "Pula-Pula" para casa, em 2004, pré ou pós-pago, e de quanto economizava nas ligações. "Cheguei a receber R$ 3 mil de bônus", afirma a comerciária, que trocou de operadora.

O "chip bomba", como ficou conhecido o plano ilimitado, ganhou valor no mercado paralelo. Na internet, sites o anunciavam por até R$ 750, no fim do ano passado. Vânia conta que soube de negócios com valores mais polpudos, de até R$ 1,5 mil.

Há quem diga que a própria Brasil Telecom tentou enxugar o mercado comprando os chips de volta, mas a empresa nunca admitiu. A Oi, que também não toca no assunto, informa que os bônus do mês passado valem até 31 de janeiro e que tem novas promoções para os órfãos do "Pula-Pula". Deixou claro também que o cliente não vai conseguir resgatar o saldo acumulado de créditos em dinheiro. Para saber novas ofertas, é preciso enviar mensagem de texto para *1414, a partir de 20 de janeiro. (CHB)

Leia Também