sábado, 21 de julho de 2018

Construção civil mantém expansão em novembro, mas em menor ritmo

17 DEZ 2010Por FOLHA ONLINE14h:11

A construção civil se manteve em expansão em novembro, porém em ritmo levemente menor que em outubro, aponta pesquisa da CNI (Confederação Nacional da Indústria). O nível de atividade no setor alcançou 53 pontos no mês passado, contra 53,8 em outubro, de acordo com dados da Sondagem da Construção Civil.

O indicador varia de zero a 100 pontos. Valores acima de 50 indicam crescimento da atividade.

Além disso, os empresários ouvidos pela CNI afirmaram que a atividade em novembro foi maior do que no mesmo mês de anos anteriores. O indicador que compara o nível de atividade efetivo em relação ao usual foi de 54,3 pontos em novembro.

De acordo com a pesquisa, a atividade foi mais intensa nas grandes empresas. Nesse segmento, o indicador atingiu 56 pontos, enquanto que nas pequenas foi de 50,5 pontos e, nas médias, de 52,4 pontos.

A pesquisa aponta ainda que o setor está otimista com relação ao futuro. Em dezembro, o indicador de expectativa do nível de atividade para os próximos seis meses atingiu 61,5 pontos, ante os 59,5 pontos registrados em novembro.

O índice de expectativa de lançamento de novos empreendimentos e serviços nos próximos seis meses foi 62,8 pontos, maior que os 60,2 pontos do mês passado.

O indicador que mede as previsões para as compras de insumos e matérias primas nos próximos seis meses alcançou 61,5 pontos, contra 58,7 pontos em novembro.

A Sondagem da Construção Civil foi realizada com 399 empresas, sendo 191 pequenas, 157 médias e 51 grandes. O período de coleta dos dados foi de 29 de novembro a 15 de dezembro.

Leia Também