sábado, 21 de julho de 2018

ENERGIA PARA CORUMBÁ

Consórcio se inscreve para disputar construção de linha em MS

8 DEZ 2010Por Edivaldo Bitencourt14h:55

Catorze empresas e 10 consórcios estão interessados em participar do leilão de transmissão, a ser realizado na Bolsa de Valores de São Paulo pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Entre os empreendimentos, está a construção da linha de transmissão entre Corumbá e Anastácio, que terá investimento de R$ 270 milhões e a geração de 1,3 mil empregos diretos.

 Pelo menos um consórcio está na disputa do empreendimento em Mato Grosso do Sul, que será formado pela Bimetal Indústria Metalúrgica e Engeglobal Construções Ltda. As empresas habilitadas para o leilão são formadas por investidores brasileiros, espanhóis, chineses e portugueses.

O comunicado relevante da CEL está disponível em www.aneel.gov.br, Espaço do Empreendedor, Editais de Transmissão, onde também pode ser consultado o edital do certame com informações adicionais sobre o processo de inscrição. Os empreendedores habilitados são:

- ABENGOA CONCESSÕES BRASIL HOLDING S/A

- ALUPAR INVESTIMENTO S/A
- ATP ENGENHARIA LTDA.
- CENTRAIS ELÉTRICAS DO NORTE DO BRASIL S.A.
- CME - CONSTRUÇÃO E MANUTENÇÃO ELETROMECÂNICA S.A.
- COBRA INSTALAÇÕES E SERVIÇOS LTDA.
- CONSÓRCIO ATPEG - ATP Engenharia Ltda. (50%) e ATP Gerenciamento de Projetos Ltda. (50%)
- CONSÓRCIO CALDAS NOVAS - Furnas Centrais Elétricas S.A. (49,90%), Desenvix EnergiasRenováveis S.A. (25,05%), Santa Rita Com. e Instalações Ltda. (12,525%) e CEL Engenharia Ltda. (12,525%)
- CONSÓRCIO CARAJÁS - Bimetal Indústria Metalúrgica Ltda. (50%) e Engeglobal Construções Ltda.(50%)
- CONSÓRCIO CORUMBÁ - Bimetal Indústria Metalúrgica Ltda. (50%) e Engeglobal Construções Ltda. (50%)
- CONSÓRCIO EMPRESARIAL SETE LAGOAS - Alupar Investimento S.A. (51%) e OrtengEquipamentos e Sistemas Ltda. (49%)
- CONSÓRCIO METROPOLITANO - Eletrosul Centrais Elétricas S/A (49%) e Orteng Equipamentos e Sistemas Ltda. (51%)
- CONSÓRCIO PIRINEUS - Engeglobal Construções Ltda. (50%) e L.E. Participações Societárias Ltda.(50%)
- CONSÓRCIO PROCABLE/CEEE-GT/INSIGMA - Procable Energia e Telecomunicações S.A. (40%),Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Eletrica - CEEE-GT (20%) e Zhejiang Insigma United Engineering CO, LTD. (40%)
- CONSÓRCIO RIO VERDE - Engeglobal Construções Ltda. (50%) e Bimetal Indústria MetalúrgicaLtda. (50%)
- CONSÓRCIO XARAIÉS - Eletrosul Centrais Elétricas S.A. (49%) e Schahin Engenharia S.A. (51%)
- COPEL GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A.
- CTEEP - COMPANHIA DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA PAULISTA
- DESENVIX ENERGIAS RENOVÁVEIS S/A
- ELECNOR TRANSMISSÃO DE ENERGIA S/A
- EMPRESA DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA DO RIO GRANDE DO SUL S.A.
- ISOLUX ENERGIA E PARTICIPAÇÕES S.A.
- ORTENG EQUIPAMENTOS E SISTEMAS LTDA.
- TRANSMISSORA ALIANÇA DE ENERGIA ELÉTRICA S.A.

Serão licitados 555 quilômetros (km) de linhas de transmissão e nove subestações. As obras vão gerar cerca de quatro mil empregos diretos e demandar investimentos da ordem de R$ 785,8 milhões. As linhas e subestações serão construídas em seis estados: Rio Grande do Sul, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Pará.

A entrada em operação das linhas de transmissão e subestações varia de 18 a 24 meses. Os empreendimentos estão previstos no Programa de Expansão da Transmissão elaborado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

Leia Também