Domingo, 18 de Fevereiro de 2018

infância e juventude

Conselho lança campanha do Clique Esperança

29 NOV 2010Por DANIELLA ARRUDA03h:55

Interessados em apoiar entidades e programas de apoio à infância e juventude em Campo Grande têm até o dia 30 de dezembro para fazer a sua contribuição e deduzi-la do imposto de renda na declaração de 2011. Para isso, basta participar do projeto Clique Esperança, uma iniciativa que possibilita a destinação de até 1% do lucro real para empresas (pessoa jurídica) e até 6% do rendimento anual de pessoas físicas para o Fundo Municipal para a Infância e a Adolescência (FMIA).

Com o objetivo de divulgar o projeto Clique Esperança entre possíveis contribuintes e estimular quem já contribui a continuar participando, o Sindicato das Empresas Contábeis e das Empreas de Assessoramento, Perícia, Informação e Pesquisas no Estado de Mato Grosso do Sul (Sescon/MS), profissionais da área contábil e diretores do Centro Social Dom Bosco realizaram cerimônia de homenagem a incentivadores e contribuintes pioneiros. Durante o evento, receberam um símbolo do projeto representantes do Grupo Correio do Estado, Banco do Brasil, Banco Itaú, Dixer Distribuidora, Petrobras Distribuidora, funcionários da Associação dos Fiscais de Renda de Mato Grosso do Sul (Fiscosul) — contribuintes pessoa jurídica —, Magno Alves de Souza (contribuinte pessoa física), o vice-prefeito Edil Albuquerque e a ex-secretária municipal de Assistência Social Ilza Mateus.

Vantagens
Segundo o diretor do Sescon/MS, Carlos Roberto Estrada, a dedução do imposto de renda para o Fundo Municipal para a Infância e a Adolescência é um benefício legal, dado
às pessoas físicas e jurídicas em lei, porém muita gente não aproveita, talvez por desconhecimento. "O nosso objetivo é fazer com que as pessoas usufruam desse benefício, sem tirar um centavo do bolso e fazer disso uma ação social", explicou.

Do valor doado, 80% são repassados direto à entidade, 10% são partilhados entre todas as instituições cadastradas e os demais são para a administração do fundo de Assistência Social. Mais informações sobre o Clique Esperança podem ser obtidas pelos telefones 3314-4465, 3314-4467 ou 3314-5188.

Leia Também