Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Conselho aprovou 547 projetos para o Estado

16 MAR 10 - 07h:58
O Fundo Constitucional de Financiamento do Centro- Oeste (FCO) já liberou R$ 79,5 milhões em recursos no primeiro trimestre deste ano para indústrias instalaremse em Mato Grosso do Sul. O volume já soma 8,3% do montante de R$ 955 milhões direcionado ao Estado. Já são 547 projetos deliberados. Somento na última reunião do Conselho, retomada e concluída ontem, foram aprovados 67 projetos no valor de R$ 34 milhões abrangendo 21 municípios. O destaque da reunião foi a área de comércio e serviços, que apresentou importantes pleitos nos setores de alimentação, saúde, transporte e turismo, a exemplo da demanda para construção de hotéis. Nesta categoria foram analisadas e deliberadas 5 cartas consulta no valor de R$ 4,6 milhões cujos empreendimentos devem ser implantados nos municípios de Campo Grande, São Gabriel do Oeste, Bonito, Itaporã e Itaquiraí. A ampliação e modernização dos empreendimentos comerciais em diversos municípios do Estado “são reflexos do processo de expansão e modernização do agronegócio, compreendendo a produção e industrialização de alimentos e a expansão dos setores sucroalcooleiro e de florestas nos últimos anos”, como bem lembrou o secretário- executivo do Conselho Estadual do Fundo (CEIF/FCO), Jerônimo Chaves, também é superintendente de Agropecuária da secretaria de Produção (Seprotur). Contudo, os tradicionais projetos para aquisição e/ou retenção de matrizes bovinas, formação de pastagens, implantação de florestas de eucalipto e implantação de indústrias nos mais diversos segmentos permanecem em pauta, como praxe. Desempenho Ainda durante a reunião as instituições repassadoras dos recursos do FCO – Banco do Brasil e Sicredi – apresentaram um breve desempenho das contratações realizadas no primeiro trimestre do ano. Conforme fechamento do último dia 10 de março, já foram contratados 480 projetos no valor de R$ 45,5 milhões – sendo 443 projetos no valor de R$ 43,2 milhões pelo Banco do Brasil e outros 37 projetos no valor de R$ 2,3 milhões pelo Sicredi. Ao todo, somando as deliberações de hoje, o volume soma 547 projetos no valor de R$ 79,5 milhões. Há também outros 399 projetos em andamento (a contratar) junto ao Banco do Brasil que somam R$ 587,8 milhões e outros 10 projetos também estão em andamento no valor de R$ 1 milhão junto ao Sicredi.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Rotatória da Rua da Divisão dá lugar a semáforo
CAMPO GRANDE

Rotatória da Rua da Divisão dá lugar a semáforo

Marum diz que será 'general de guerra' em campanha de Puccinelli
DE OLHO EM 2022

Marum diz que será 'general de guerra' de Puccinelli

RETOMADA DE OBRAS

Governo de MS e futuros donos da UFN3 se reúnem nesta tarde para definir datas

Petrobras e russos já realizaram conversa pela manhã
Chefão do PCC em duas cidades, 'Oclinhos' é preso pela polícia
CRIME ORGANIZADO

Chefão do PCC em duas cidades, 'Oclinhos' é preso

Mais Lidas