MOTO2

Conheça quem repõe o Brasil na motovelocidade

Conheça quem repõe o Brasil na motovelocidade
16/06/2012 10:44 - Terra


Eric Granado recebe o Terra vestindo os shorts azuis de seu colégio de Santana, bairro da zona norte de São Paulo. Ele havia acabado de sair da aula de Educação Física e às 13h50min, dez minutos antes do horário previsto, já aguardava a reportagem no local marcado, na Avenida Santo Amaro, zona sul.

Ele havia atravessado a cidade de carro, com o primo no volante, mas poderia ter utilizado uma moto: o brasileiro, 16 anos cumpridos em 10 de junho, é a principal esperança do País sobre duas rodas e estreará na Moto2 neste fim de semana.

O Grande Prêmio da Inglaterra, em Silverstone, encerrará o período de ausência do Brasil no Mundial de motovelocidade, iniciado no fim de 2007, com a despedida de Alexandre Barros da MotoGP.

Granado competirá na Moto2, a segunda categoria mais importante na hierarquia da Federação Internacional de Motociclismo (FIM). Seu pai, Marco, é dono de uma empresa de impermeabilização, e fã de motos, já competiu no Campeonato Brasileiro da modalidade. A paixão passou para o filho, que teve a primeira experiência com esse equipamento aos 4 anos.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".