Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

vitória

Confúcio Moura vence em RO

1 NOV 2010Por PORTO VELHO04h:50

Eleito ontem governador de Rondônia, Confúcio Moura (PMDB) afirmou logo após a vitória nas urnas que pretende procurar a presidente eleita Dilma Rousseff (PT) apenas quando tiver projetos em mãos. “Primeiro, vamos elaborar projetos técnicos bem fundamentados. Só vamos procurá-la depois que tivermos dados concretos. Não vamos fazer pedidos só por ofício. Vamos nos basear em dados reais”, disse. Confúcio venceu o candidato à reeleição, o governador João Cahulla (PPS).

Segundo Confúcio, que é médico, o grande problema do Estado é a saúde. “Os grandes dramas de Rondônia são saúde pública, em primeiro lugar. É dramática a situação. Em segundo, a regularização fundiária e ambiental”, afirmou. “O atendimento hospitalar é precário em Rondônia e existem segmentos completamente abandonados, como os ribeirinhos, desassistidos ou precariamente atendidos. E as unidades de emergência são calamitosas”, acrescentou o governador eleito.

Os dois candidatos votaram no interior do Estado. Mesmo assim, parte das ruas de Porto Velho amanheceu coberta por santinhos em locais próximos aos de votação. Os procuradores regionais eleitorais Heitor Alves Soares e Ercias Rodrigues de Souza disseram, porém, que havia santinhos também de Cahulla. Por conta disso, os partidos e coligações dos dois candidatos serão multados em R$ 5.000, cada um, devido ao derrame de santinhos nas ruas, disse Souza.

Após o primeiro turno, os procuradores entraram com ação na Justiça Estadual para que os partidos fossem multados se lançassem propaganda em calçadas e ruas, como ocorreu na votação de 3 de outubro.

Fora a sujeira nas ruas, o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) registrou poucos problemas durante a votação.

No caso mais inusitado, segundo relatório do TRE, “um cachorro invadiu a seção três e roeu o cabo” da urna eletrônica em Guajará-Mirim (274 km de Porto Velho). A urna foi substituída.

Leia Também