OSCAR QUIROGA

Confira o seu astral para esta terça-feira

Confira o seu astral para esta terça-feira
21/01/2020 04:00 - OSCAR QUIROGA


 

DECIDE PELA DESPREOCUPAÇÃO

Quando perceberes que a coreografia das circunstâncias te der nos nervos, porque nada acontece de acordo com os teus intuitos, tu estarás diante de um cenário no qual terás a capacidade de fazer o uso de tua liberdade, e decidir o que fazer com isso. Tuas reações emocionais exageradas, diante dos contratempos circunstanciais, não são produto de tua liberdade. Essas te estendem uma dinâmica inerte que te aprisiona em um jogo de impulsos que, no mais das vezes, em vez de aliviar ou de solucionar, ao contrário, torna a situação mais densa. Dias inteiros de lua vazia, como hoje, são desafiantes, porque são tantos os pequenos contratempos se somando uns aos outros que não fica fácil manter a leveza diante desses. É aí que tu podes, se quiseres, ser livre e tomar a sagrada decisão de te despreocupar, mesmo quando isso pareça impossível.

Áries 21/03 a 20/04
Ideias todo mundo tem, disposição para colocar em prática as ideias, aí é que o carro pega. Porém, é esse tipo de pessoa que você há de buscar, porque daqui para frente você precisa fazer caber sonhos na realidade concreta.

Touro 21/04 a 20/05
A ansiedade é sua verdadeira inimiga, porque ela fica soprando em seu ouvido algumas profecias falsas, porém, assustadoras e, assim, o tempo se perde em divagações que não leva a lugar algum que seja conveniente.

Gêmeos 21/05 a 20/06
O entendimento mútuo não é uma condição estável, porque os humores humanos flutuam sem lógica alguma. Não se assuste com eventuais desentendimentos que pareceriam surpreendentes, até isso faz parte.

Câncer 21/06 a 21/07
Talvez seja melhor você declarar que hoje seja feriado e não se comprometer a realizar nada de que se exija resultados práticos e específicos. É um dia atrapalhado, que é melhor desfrutar no descanso e na despreocupação.

Leão 22/07 a 22/08
Há dias em que não dá para tirar sarro de nada nem de ninguém, porque a carga de ansiedade das pessoas está tão alta, que elas levam pelo lado errado o que ouvem, perdem até o senso de humor. Melhor não reagir a isso.

Virgem 23/08 a 22/09
Se os lugares nos quais normalmente você se sente à vontade não parecem mais tão acolhedores assim, não hesite, se levante e saia a caminhar a esmo, sem direção alguma, como se estivesse em um passeio turístico.

Libra 23/09 a 22/10
Muitas das coisas que sejam ditas são promessas que precisam ser verificadas ao longo do tempo, porque a tendência original é de que sejam as clássicas promessas vazias, que nunca seriam realizadas. Melhor não.

Escorpião 23/10 a 21/11
Ao surgirem os eventuais problemas que ocorrem no dia a dia normalmente, procure não reagir com enfado, mesmo que seja isso mesmo que você sinta. Guarde o enfado para si e siga em frente como se nada ocorresse.

Sagitário 22/11 a 21/12
Guarde para depois as atitudes que tomaria o agora, essa será a melhor atitude para que, em um dia como hoje, você não enfie os pés pelas mãos como produto da boa vontade de fazer algo útil ou ajudar outrem.

Capricórnio 22/12 a 20/01
Essa vontade de tomar distância de tudo e de todos há de ser respeitada, porque seria a melhor atitude a tomar hoje e, por obra desse movimento, evitar discórdias que não agregariam nada positivo ao cenário.

Aquário 21/01 a 19/02
Conexões e desconexões ocorrem simultaneamente agora, procure passar por isso sem se aprofundar nas razões, já que essas são remotas e as analisar só complicaria seu entendimento do cenário atual. Deixe passar tudo.

Peixes 20/02 a 20/03
Continue o que você tiver iniciado anteriormente, porém, se abstenha de dar o pontapé inicial em qualquer coisa nova. Se o impulso da novidade prevalecer, em vez de acionar, procure estudar e planejar tudo de novo.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".