Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

OSCAR QUIROGA

Confira o seu astral para esta segunda-feira

Confira o seu astral para esta segunda-feira
07/10/2019 04:00 - OSCAR QUIROGA


 

DO FECHAMENTO À ABERTURA

Nossa humanidade não teme o desconhecido, porque aquilo que desconhece ela não percebe, ignora e, por isso, não lhe provoca o medonho sentimento do temor. Nossa humanidade teme o que percebe, tem medo das mudanças que se operam no mundo, se apegando a um passado que ela reputa ter sido melhor, mas que sob uma pesquisa objetiva e sincera essa argumentação não se sustenta de forma alguma. Nossa humanidade tem seus pés num caminho sem volta, a construção de um mundo, de alcance planetário, no qual os ideais de justiça, igualdade de oportunidades e respeito às diferentes versões da realidade humana sejam a nota dominante. Isto nossa humanidade percebe com clareza e teme este futuro, porque ameaça o domínio dogmático a que se acostumou. Nossa humanidade viveu fechada e terá de aprender a viver aberta.

Áries 21/03 a 20/04
O ingresso de uma diversidade de pessoas em sua vida é uma situação que veio para ficar. Isso complica bastante o cenário, mas sua alma precisa ter em mente que o caminho de grandeza seria impossível sem isso.

Touro 21/04 a 20/05
Gostando ou não, há coisas que precisam ser feitas hoje, sem mais delongas. Há momentos da vida, e para você este é um deles, em que nossos gostos ou desgostos são irrelevantes quando vistos sob a ótica da necessidade.

Gêmeos 21/05 a 20/06
Complicar-se não é algo ruim em si mesmo, depende do teor das complicações. Querer progredir, ansiar por um futuro melhor é o mesmo que começar a se complicar, por isso é que nem todas as complicações são ruins.

Câncer 21/06 a 21/07
Fica uma pulga atrás da orelha, a despeito de quaisquer acordos e combinados que estejam em andamento. É importante você cultivar as devidas suspeitas, para arquitetar as estratégias pertinentes a cada caso.

Leão 22/07 a 22/08
Não parece, mas, quando a necessidade surge, também aparecem pessoas com boa vontade, dispostas a estender uma mão amiga e colaborar para que tudo seja mais fácil. Guarde essa experiência na memória, ela é real.

Virgem 23/08 a 22/09
Para fazer tudo de acordo com sua visão, você terá de enfrentar bastante resistência. Para minimizar essas atitudes e avançar em seus planos, melhor você traçar estratégias tangenciais, em vez de agir diretamente.

Libra 23/09 a 22/10
Agora é possível dar um ponto final a alguns assuntos que se estenderam demais, um pouco porque ninguém encontrava a solução, outro pouco porque não havia boa vontade suficiente. Olhe o futuro, se livre de tudo.

Escorpião 23/10 a 21/11
Nem tudo é como você gostaria que fosse, porém, é o que está disponível por enquanto. Procure se adaptar às circunstâncias, evitando fazer força para as mudar, porque essa seria uma atitude contraproducente.

Sagitário 22/11 a 21/12
Apesar de se aproximar de um momento definitivo, procure continuar negociando, porque a situação atual é cheia de bifurcações. Este é um momento complexo, que precisa ser tratado com atenção e cuidado.

Capricórnio 22/12 a 20/01
Faça tudo de acordo com seus interesses, não importando que isso atraia a ira das pessoas próximas, criticando sua atuação como sendo egoísta demais. Este é um momento em que sua alma defende seus interesses.

Aquário 21/01 a 19/02
Um dia, que não está tão distante assim, você conseguirá colocar todas as pessoas e ingredientes de sua experiência de vida no mesmo cenário, colaborando umas com as outras. Por enquanto, não é assim.

Peixes 20/02 a 20/03
Nem sempre a atividade mais importante do dia é aquela que você aprecia ou a que teria vontade de executar. Às vezes, é necessária uma dose de sacrifício feita em nome do que realmente beneficiaria todo mundo.

Felpuda


A continuar disparando tantas críticas ácidas contradizendo o seu partido, que em nível nacional ganhou até um ministério, político cá dessas bandas poderá ser colocado de escanteio e, se continuar nessa cruzada nada palatável para as lideranças, ser convidado gentilmente a “procurar o caminhão do qual caiu”, como se diz no popular. Os comentários são de que o dito-cujo age assim mais para ganhar holofotes. Esqueceu-se, pelo que se vê, que poderá ocorrer curto-circuito. Ui!