Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

Bem-estar

Confira 5 maneiras de manter-se saudável e em forma

23 JUL 2012Por Terra00h:00

Boa forma corporal e saúde são metas comuns hoje em dia, com o grande número de informações sobre o assunto e com as personalidades propagando esse estilo de vida.

Mas o que significa estar em boa forma? É necessário conseguir correr alguns quilômetros? Ou a medida está na circunferência da cintura? Segundo o consultor John Williams, da academia inglesa David Lloyd, estar em boa forma tem diferentes significados, o que faz com que as atividades e objetivos sejam diferentes e únicos para cada pessoa.

Em entrevista ao site Female First, ele explica que o primeiro passo para ser saudável é definir o sentido da boa forma para cada um e, então, as metas. O estabelecimento dos objetivos leva então à escolha dos métodos, exercícios e outras ações que possam ter importância no processo, como uma dieta alimentar por exemplo.

Independentemente de quais forem as intenções, o consultor elaborou algumas dicas que se aplicam a todos e que são fundamentais para alcançar ou manter a boa forma.

Frequência
Para garantir a boa forma, as atividades físicas devem ser feitas com frequência e constância. Realizar a modalidade escolhida três ou quatro vezes por semana deve estar entre as metas.

Fazer com prazer
Para que a primeira meta seja cumprida, é necessário que a atividade escolhida seja prazerosa. Quem nunca praticou exercícios ou está parado há muito tempo, pode conversar com o instrutor ou professor para definir que modalidades seriam mais adequadas. Entre as questões que devem ser consideradas estão se a pessoa prefere malhar sozinha ou em grupo, se é preciso ouvir música durante os exercícios, entre outras.

Intensidade
Segundo o consultor, muitos não começam a se exercitar exatamente por estarem fora de forma. A questão aqui é encontrar atividades que se adaptem a necessidades individuais. Há as que desafiam o corpo, forçando-o a uma nova realidade e outras que, por meio do relaxamento, ajudam na recuperação e acúmulo de energia. No primeiro grupo estão aulas que contam com ajuda de bicicletas, lutas, treinos que focam no sistema cardiovascular, entre outros. Quem não se sente apto a encarar aulas desse tipo, pode optar por modalidades como natação, Pilates, ioga, ou outras que focam em promover flexibilidade, equilíbrio, melhora na respiração.

Duração
Entrar em forma não pede longos períodos de malhação. Ao contrário, sessões mais curtas e mais frequentes são ideais e são mais eficientes do que longos e espaçados treinos.

Modalidade
Mesmo sob os mesmos nomes, as aulas oferecidas em academias podem ser diferentes e oferecer diversidade de exercícios que não vão provocar tédio. Já se foi o tempo em que as únicas coisas possíveis eram levantar pesos ou fazer aulas de aeróbica.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também