segunda, 23 de julho de 2018

JANEIRO

Confiança do consumidor fica praticamente estável

27 JAN 2011Por INFOMONEY08h:24

Com recuo de 0,1%, a confiança do consumidor ficou praticamente estável entre dezembro do ano passado e janeiro deste ano, registrando 121,6 pontos, contra 121,7 apurados um mês antes, de acordo com dados do ICC (Índice de Confiança do Consumidor), medido pela FGV (Fundação Getulio Vargas) e divulgado nesta quinta-feira (27).

No período, segundo a pesquisa, o Índice de Situação Atual reduziu-se 1,4%, ao passar de 146,2 pontos para 144,2 pontos. O Índice de Expectativas, por outro lado, apresentou avanço no período, de 0,7%, ao sair de 108,9 pontos para 109,7 pontos.

Situação atual
O indicador que avalia a satisfação dos consumidores com o estado geral da economia no momento foi o que mais influenciou na resultado do ICC em janeiro.

Os números mostram que houve aumento na parcela dos avaliam a situação atual como boa, de 35,5% para 35,6%. Por outro lado, elevou-se também a parcela dos consumidores que acreditam que a situação atual está ruim, de 15,4% para 19,3%.

Sobre a pesquisa
A Sondagem de Expectativas do Consumidor leva em consideração os seguintes quesitos: situação econômica do País, da família, do orçamento doméstico, do grau de dificuldade de encontrar trabalho e intenções de compras de bens de alto valor.

O levantamento foi realizado entre os dias 03 e 21 de janeiro em mais de dois mil domicílios nas sete principais capitais brasileiras.
 

Leia Também