Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

HANDEBOL FEMININO

Confederação quer repatriar atletas da seleção para disputar o Mundial

1 DEZ 2010Por ARLINDO FLORENTINO21h:16

O presidente da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb), Manoel Luiz Oliveira, viajou até Almeria, onde a seleção olímpica feminina de handebol foi medalha de bronze do Torneio Internacional da Espanha, no último final de semana, com a meta de conversar com as jogadoras sobre repatriamento. A ideia do dirigente é ter todo o grupo no Brasil a partir da metade do ano que vem em preparação intensiva para o Mundial de Santa Catarina, em dezembro de 2011. E, segundo o presidente, os planos foram bem recebidos.

"Já tivemos um primeiro contato com as atletas desde o ano passado, no Mundial da China, e estamos seguindo um cronograma, quando combinamos de, no final deste ano, conversarmos novamente sobre o assunto. Todas foram muito receptivas, ficaram muito contentes com o projeto, inclusive algumas declararam de imediato que querem voltar, e isso nos estimula a manter esse trabalho de repatriamento para criarmos a Seleção Olímpica Permanente", disse Manoel Luiz.

Como das 16 jogadoras convocadas para o Torneio da Espanha, 12 jogam fora do país, o intuito inicial é que elas estejam no Brasil a partir de maio ou junho de 2011 e fiquem à disposição integral da Seleção até o Mundial. "O calendário europeu só termina nesse período e o nosso objetivo é não prejudicar a relação delas e nem fazer com que fiquem mal com os clubes", explicou o presidente da Confederação Brasileira de Handebol.

Mas não foi apenas a predisposição das jogadoras que deixou Manoel Luiz otimista. O desempenho em quadra foi fundamental para que o dirigente retornasse ao Brasil confiante. "A reunião foi maravilhosa e fiquei extremamente entusiasmado com o que vi. Essa é uma seleção unida, solidária e que vem desempenhando um papel muito positivo dentro de quadra. É um bom grupo, com jogadoras que têm um potencial incrível. Tenho certeza que, treinando juntas, aqui no Brasil, essa equipe vai chegar longe", garantiu Manoel.

No Torneio Internacional da Espanha, a Seleção Brasileira estreou com um grande resultado ao vencer a campeã mundial Rússia. Depois, foi superada pela Romênia e pela Espanha, esta apenas no tiro de sete metros depois de empatar em 22 gols no tempo normal e em 26 na prorrogação. Na decisão da medalha de bronze, o Brasil levou a melhor sobre a Holanda ao vencer por 25 a 21.O título ficou com as donas da casa que, na final, ganharam da Rússia por 28 a 23.
 

Leia Também