quinta, 19 de julho de 2018

BASQUETE

Confederação Brasileira anuncia a demissão do técnico da seleção feminina

18 DEZ 2010Por 00h:00

A Confederação Brasileira de Basquete decidiu demitir o espanhol Carlos Colinas do cargo de treinador da seleção feminina de basquete. A entidade alega que o treinador não estava conseguindo dar total atenção ao time nacional, pois não quis se mudar para o país por causa de sua família.

A decisão foi tomada na última quinta-feira, em uma reunião entre os coordenadores das equipes masculinas e femininas, o presidente da CBB, Carlos Nunes, o técnico dos homens, Rubén Magnano, o diretor de marketing da entidade, José Carlos Brunoro, e a diretora Hortência.

"A gente queria muito que ele morasse aqui no Brasil, que fizesse o trabalho de ver os jogos, de acompanhar as categorias de base. Infelizmente, por problemas familiares, ele não vai poder estar aqui. Então, a gente teve que abrir mão do Colinas", explicou a ex-jogadora.

Colinas, com bom retrospecto nas categorias de base da Espanha, substituiu Paulo Bassul em março deste ano e comandou a equipe no Mundial da República Tcheca com uma campanha decepcionante. Foram quatro vitórias e quatro derrotas, deixando o Brasil apenas na nona colocação.

Segundo Hortência, o novo comandante das meninas do basquete ainda não foi definido.
 

Leia Também