AVENIDA MATO GROSSO

Condutora em acidente com morte será indiciada por homicídio doloso

Condutora em acidente com morte será indiciada por homicídio doloso
10/07/2012 12:30 - Lúcia Morel e Gabriel Maymone


Jaelke Carrelo Rodrigues, de 19 anos, será indiciada por homicídio doloso pela morte de Naiana de Melo Nunes, 19. Jaelke conduzia o veículo Corsa classic que capotou no cruzamento da Avenida Mato Grosso com Rua Bahia, na Vila Célia, na madrugada de ontem (09) em Campo Grande.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Fábio Sampaio, a jovem estava dirigindo embriagada, assumindo o risco de matar. “Vamos esperar o laudo da perícia e terminar de ouvir as testemunhas”, explica.

Sampaio explicou ainda que Jaelke está solta pois não foi feita a prisão em flagrante. “Ainda não analisamos a possibilidade de pedir a prisão preventiva”, completa.

Acidente

Naiana estava sentada no colo de um passageiro, no banco de trás do veículo conduzido por Jaelke. Ela morreu na hora. Outros três ocupantes do veículo, sendo dois adolescentes e uma jovem ficaram feridos e foram encaminhados para a Santa Casa. No carro foram encontradas garrafas de bebida alcoólica.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".