Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Condenado no STF, João Paulo deixa candidatura em Osasco

31 AGO 12 - 09h:56G1

Condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no processo que investiga o escândalo do mensalão, o deputado João Paulo Cunha desistiu da candidatura a prefeito de Osasco, na Grande São Paulo. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (30) e confirmada ao Bom Dia São Paulo pelo presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) da cidade, João Góis, nesta sexta (31).

João Paulo Cunha ficou reunido com lideranças municipais do PT no Sindicado dos Bancários de Osasco por mais de duas horas na noite desta quinta-feira. Ele deixou o local sem falar com a imprensa.

Com a desistência de Cunha, a chapa da coligação "Osasco Unida com a Força do Povo" terá Jorge Lapas, então candidato a vice, como candidato a prefeito, e o vereador Valmir Prascidelli (PT), como candidato a vice. A coligação é formada por 18 partidos - PT, PR, PTN, PDT, PSDC, PV, PP, DEM, PSL, PSB, PPL, PTC, PMDB, PSC, PRB, PRP, PHS e PRTB.

Segundo dados disponíveis no site da Prefeitura de Osasco, a cidade da Grande São Paulo tem cerca de 700 mil habitantes - a quinta maior população do estado de São Paulo - e o décimo PIB entre os municípios brasileiros.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

OPINIÃO

Roberto Sant'Anna: "A importância da propriedade intelectual para o desenvolvimento"

Advogado

Felpuda

JUSTIÇA SUSPENDEU

Bolsonaro diz que vai manter passaporte diplomático de Edir Macedo

DIREITOS HUMANOS

Brasil cai três posições em ranking de liberdade de imprensa

Mais Lidas