Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ESPECIAL- TRÂNSITO

Condenado após a Lei Seca está preso há dois anos

7 JUL 12 - 00h:00MILENA CRESTANI

No dia 16 deste mês, Benvindo Teixeira da Silva completa dois anos preso por dirigir embriagado e matar atropelado Janai Pompeu da Silva, 48 anos. A vítima carregava no colo a filha, Mariele dos Santos, de 6 anos, e descia para ir a uma pizzaria no Bairro Cidade Morena, em Campo Grande. A criança e um motociclista que passava pelo local ficaram feridos. Ele foi o primeiro motorista de Mato Grosso do Sul condenado após a entrada em vigor da Lei Seca.

Neste mês, Benvindo obteve a progressão de regime e passará a cumprir a pena no regime aberto, retornando ao presídio apenas para dormir.

A progressão de regime foi concedida pelo juiz Albino Coimbra Neto, da 2ª Vara de Execução Penal de Campo Grande. Benvindo foi condenado a oito anos de prisão no dia 16 de julho de 2010, quando foi para o Instituto Penal. Em outubro do ano passado, ele obteve progressão para regime semiaberto, passando a ficar na Colônia Penal Agrícola, na Gameleira, em Campo Grande.

 O acidente que ele provocou aconteceu na madrugada do dia 4 de dezembro de 2008.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Mansueto: mesmo com reforma, governo não retomará investimentos por 3 ou 4 anos

Goleiro do Flu é flagrado em antidoping por suspeita de uso de cocaína
FUTEBOL 2019

Goleiro do Flu é flagrado em antidoping por suspeita de uso de cocaína

Hoje nós somos reféns da Santa Casa, diz vereador Lívio
Paralisação

Hoje nós somos reféns da Santa Casa, diz vereador Lívio

BRASIL

Brasil e Reino Unido vão ter cooperação em saúde pública

Mais Lidas