Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Concurso incentiva a leitura e a literatura

30 MAR 10 - 20h:15

 

A Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), com o propósito de incentivar a produção literária para crianças e jovens e a leitura, como meio de conhecimento e cultura, tem promovido concursos de textos para professores que incentivam a leitura literária entre o público infanto-juvenil.

Em 2004, a FNLIJ iniciou a parceria com o Instituto Indígena Brasileiro para Propriedade Intelectual Inbrapi), presidido pelo escritor Daniel Munduruku. Agora, como uma ação de fortalecimento da nova década dos povos indígenas (2005/2015) proclamada pela Unesco, em parceria com o Inbrapi, por meio do Núcleo de Escritores e Artistas Indígenas, promove o 7º Concurso FNLIJ Curumim – Leitura de Obras de Escritores Indígenas. As inscrições vão até 30 de abril.

Poderão participar professores e educadores brasileiros residentes no País. O candidato inscrito deve informar a vinculação a uma escola ou instituição. Já o texto deve ser fruto de um trabalho de leitura dos livros de literatura para crianças e jovens de autoria de escritores indígenas.

Ele pode vir apresentado em forma de relato e deve mencionar a obra, ou as obras, do autor ou dos autores indígenas trabalhada, com a referência bibliográfica completa. O relato deve expressar o trabalho com a leitura dos livros de autores indígenas pelo professor entre as crianças, e seus desdobramentos, tais como interpretações, textos e propostas.

Os trabalhos deverão ser enviados até 30 de abril de 2010 para a sede da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil: Rua da Imprensa, 16, sala 1.215, CEP 20030-120, Rio de Janeiro (RJ). A comissão julgadora será composta por especialistas indicados pela fundação e pelo Núcleo de Escritores e Artistas Indígenas.

A seleção dos textos levará em conta critérios como: leitura de histórias indígenas para crianças e jovens, criatividade do texto, transmissão de conhecimentos da cultura indígena, valorização da cultura indígena, compreendida num contexto de diversidade e de respeito às suas diversas expressões. Mais informações no site www.fnlij.org.br.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PF investiga 221 'laranjas' e casos de desvio na eleição de 2018; um deles em MS
IRREGULARIDADE

PF investiga 221 'laranjas' e casos de desvio na eleição de 2018; um deles em MS

Irmãos paraguaios são mortos a tiros na fronteira
DUPLO HOMICÍDIO

Irmãos paraguaios são mortos a tiros na fronteira

Prefeitos de municípios de MS que podem ser extintos pedem fim de PEC
BAIXA RECEITA

Prefeitos de municípios de MS que podem ser extintos pedem fim de PEC

Começo das aulas na rede estadual de ensino é antecipado
ESCOLAS

Começo das aulas na rede estadual de ensino é antecipado

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião