Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

CAMPO GRANDE

Concertista renomada apresenta música tradicional japonesa

9 OUT 2010Por DA REDAÇÃO06h:30

No final da semana, Campo Grande vai receber uma mistura de sons orientais e brasileiros. Além do sertanejo, pagode e chamamé, a cidade vai ouvir tons suaves, hoje, vindos das cordas dedilhadas do koto, instrumento musical tradicional no Japão.

Pelas mãos da concertista Yoko Nishi, o concerto “Quietude e pulsação” explora as possibilidade de expressão no koto com inspiração e sensibilidade e proporciona ao público novos tons e sons de uma cultura que compartilha tradições com o Brasil há mais de cem anos. Graduada pela Universidade Nacional de Belas Artes e Música de Tóquio, Yoko tornou-se reconhecida no Japão, Alemanha e Estados Unidos por um repertório que varia do tradicional ao contemporâneo e arranjos de peças clássicas ao folclórico popular.

Popular há quase dois mil anos, o koto possui uma caixa da madeira de Kiri, com 13 cordas de seda ou nylon, semelhante a uma cítara, que podem mudar de afinação durante a execução musical. A fama inicial deste instrumento se deu pelo interesse da nobreza nas suas notas e hoje é ensinado nas escolas japonesas, tão popular quanto o piano e o violino.

A apresentação encerra as atividades de sábado do Simpósio Brasil – Japão 2010. Para quem que, além de apreciar música também gosta de dançar, na sexta-feira, os amantes da dança, podem conferir o gingado do corpo ao som da sanfona e do cavaquinho, na oficina gratuita de forró e samba pela manhã e à tarde, em duas turmas, em movimentos sensuais e animados que temperam a cultura popular brasileira.

Os dois eventos fazem parte da programação do Simpósio Brasil – Japão 2010. A oficina de samba e forró acontece na sexta-feira, em dois horários e o Concerto de koto será no sábado, às 19h30 no auditório do Sebrae, na avenida Mato Grosso, 1661. Ambos são gratuitos. Mais informações no portal www.japao.org.br/simposio2010 .

Leia Também