Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

campo grande

Comunidade e prefeitura debatem orçamento

21 MAI 2011Por DA REDAÇÃO08h:25

A reunião pública para a discussão do orçamento 2012 será realizada hoje, às 14 horas, na Escola Municipal Arlindo Lima, localizada na Rua Barão do Rio Branco, 2469. Os conselheiros regionais do Bandeira, Anhanduizinho, Lagoa, Imbirussu, Segredo, Centro e Prosa estarão presentes apresentando as necessidades dos bairros, para nortear a proposta do orçamento para o próximo ano.

A Prefeitura começou a discutir orçamento com a comunidade em 1998, antes mesmo da Lei n. 10.257, de 10 de julho de 2001. “Quando veio a lei, Campo Grande já estava adequada fazia algum tempo. E hoje, após 13 anos de reuniões públicas com os Conselhos Regionais, sentimos as pessoas envolvidas cada vez mais. Os líderes comunitários vêm discutindo as prioridades desde março deste ano”, reforçou Rita Michelini, diretora de Estudo, pesquisa e informação do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Planurb).

O diferencial da discussão orçamentária de 2012 é que ela começou na internet, pelo site do Orçamento Comunitário. O Planurb propôs essa iniciativa e a desenvolveu em parceria com o Instituto Municipal de Tecnologia da Informação (IMTI). O lançamento do programa para os conselheiros das sete regiões urbanas da cidade aconteceu no dia 11 de março, com a presença do prefeito.

Na pesquisa on-line, a população apontou as obras necessárias para os seus bairros e as três mais indicadas foram repassadas aos conselheiros regionais. “Tivemos mais de dois mil votantes e ficamos muito satisfeitos por ser a nossa primeira experiência. O resultado já está no site e separado por região”, detalhou Rita.

Para a presidente do Planurb, Marta Martinez, um dos destaques foi a participação do Distrito de Anhanduí, onde foram registrados 301 votos pela internet. “O Distrito tem por volta de quatro mil habitantes, ou seja, mais de 7% da população votou, enquanto em Campo Grande, não chegou a 1%”, analisou.

Após a reunião pública, todas as sugestões serão sistematizadas em um documento, o qual será entregue ao prefeito no próximo dia 25, no auditório da Escola de Governo, às 18 horas. A proposta orçamentária para 2012 passará por análise técnica dos órgãos da Prefeitura e o projeto de lei será enviado à Câmara Municipal, após parecer do Conselho Municipal de Desenvolvimento e Urbanização (CMDU).
 

Leia Também