quinta, 19 de julho de 2018

Estudo

Computador prejudica mais o sono do que cigarro, álcool e saídas noturnas

10 DEZ 2010Por Agencia do rádio19h:01

Ficar na frente do computador durante a noite pode prejudicar mais o sono do que beber, fumar ou sair para uma festa. É o que revela uma pesquisa da Universidade Estadual de Campinas, Unicamp, que entrevistou mais de setecentos estudantes universitários. Segundo o estudo, a cada dez pessoas que usam o computador entre dezenove horas e meia noite, sete enfrentam problemas para dormir.

Segundo o médico neurologista, especialista em transtorno do Sono, Raimundo Nonato, a insônia acontece por dois fatores." Quem vai ao computador essa hora, são geralmente situações muito atrativas e isso ativa áreas do sistema nervoso que mantém o indivíduo acordado, motivado e isso afasta, portanto, o sono."

Ainda segundo o neurologista Raimundo Nonato, para não atrapalhar o sono, o ideal é respeitar os horário de trabalho e de descanso. Segundo o médico, a partir das oito horas da noite o corpo começa a pedir para dormir e é necessário respeitar.

Leia Também