sexta, 20 de julho de 2018

DICAS

Como saber se o micro está infectado por vírus

3 NOV 2010Por 00h:35

Frequentemente os usuários são aconselhados a usar uma solução de antivírus para verificar possíveis infecções no sistema, mas com o atual cenário de cybercrime isso não é o suficiente. Também é necessário ter um conhecimento básico das questões de segurança para descobrir se um computador está infectado, coisa que usuários de primeira viagem têm pouca ou nenhuma ideia. Embora muitas das ameaças atuais sejam desenvolvidas especificamente para passarem despercebidas, ainda existem alguns sinais que indicam se o PC foi comprometido.

O PandaLabs, laboratório antimalware da Panda Security, elaborou um guia simples que informa os 10 sintomas mais comuns de infecção, para ajudar a todos os usuários identificarem se seus sistemas estão em risco:

1 O computador “fala” – Existem diversos tipos de pop-ups, mensagens e comunicados que informam uma infecção e a necessidade de proteção do seu computador. Se qualquer tipo de mensagem aparecer é porque há um spyware no seu PC ou você foi infectado por um antivírus falso (chamado de “rogueware”).

2 O computador está lento – Isto pode significar muitas coisas, incluindo a infecção por vírus. Já que ameaças virtuais (vírus, worm, Trojans, etc…) podem executar tarefas que consomem muitos recursos, fazendo o sistema funcionar mais devagar que o habitual.

3 Os aplicativos não iniciam – Quantas vezes você tentou executar um aplicativo e nada aconteceu? Às vezes, um programa pode até não funcionar, mas como no caso anterior, esta pode ser uma evidência de que algo está errado.

4 A internet não conecta ou está lenta – Perda de comunicação com a internet é outro sintoma comum de infecção, embora possa ser também um problema com seu provedor ou roteador. Outro indício é quando a sua conexão fica mais lenta do que o habitual, pois um malware pode estar conectando a uma URL ou abrindo sessões separadas de conexão, reduzindo sua largura disponível de banda, ou tornando praticamente impossível o uso da internet.

5 Quando a internet está conectada, todos os tipos de janelas abrem ou o navegador exibe páginas não solicitadas – Este é outro sinal de infecção. Muitas ameaças são projetadas para redirecionar o tráfego para determinados sites contra a vontade do usuário. Estas páginas podem ser imitações de páginas legítimas para tentar te enganar, quando na verdade é um site mal-intencionado.

6 Os arquivos pessoais desapareceram – Este tipo de situação é realmente preocupante, pois ainda existem algumas ameaças destinadas a apagar ou criptografar informações, movendo documentos de um lugar para o outro.

7 O antivírus desapareceu, o firewall está desativado – Outra característica típica de muitas ameaças é desativar sistemas de segurança (antivírus, firewall, etc...) instalados no computador. Se um programa é desligado pode significar uma falha de um software específico, mas se todos os componentes de segurança estão desativados, o sistema certamente está infectado.

8 O computador está em uma língua estranha – Se o idioma de certos aplicativos e programas for alterado, ou se a tela se movimentar, ou se somem atalhos do seu desktop, é possível que seu sistema esteja infectado.

9 A Biblioteca de arquivos (para executar programas, jogos e etc…) desapareceu do computador – É mais uma indicação de que o PC está infectado, mas também pode ocorrer devido a uma instalação incompleta ou incorreta de programas.

10 O computador ficou louco – Se o computador começar a agir por conta própria, enviar e-mails, abrir sessões de internet e aplicativos sem seu conhecimento, é um sinal de que ele está comprometido por um malware.

Leia Também