Segunda, 11 de Dezembro de 2017

INTERCÂMBIO

Comitiva do MS discutirá parceria com o Paraguai

16 FEV 2014Por DA REDAÇÃO09h:30

Para tratar de assuntos institucionais e comerciais entre Mato Grosso do Sul e o Paraguai, uma comitiva - liderada pelo governador André Puccinelli - viaja amanhã (17) para o país vizinho, onde chega às 8h30min. Comitiva sul-mato-grossense chega amanhã ao Paraguai para discutir intercâmbio (Foto: Divulgação)

Na capital, Assunção, o grupo terá audiência com o presidente do Paraguai, Horacio Cartes, a partir das 10h, no Palacio de Gobierno, sede da presidência da República do Paraguai.

Entre assuntos de interesse bilateral a serem tratados está a construção da ponte entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta (município do Departamento do Alto Paraguai). A obra é importante para consolidar a implantação do corredor bioceânico, ligando a costa brasileira (via Centro-Oeste) aos portos de Antofagasta e Iquique, no Chile, encurtando em oito mil quilômetros a distância dos países asiáticos.

Empresários

Nos dias seguintes ao da visita do governador André Puccinelli, de terça-feira (18) a quinta-feira (20/02), será realizada a missão empresarial Brasil-Paraguai pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) com apoio do CIN (Centro Internacional de Negócios) da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems).Participam 41 empresários e representantes de instituições de MS (e 160 de todo o Brasil todo) com o objetivo de fortalecer a aproximação do setor industrial brasileiro com o paraguaio. 

O coordenador do CIN da Fiems, Fábio Fonseca, disse que essa missão empresarial busca estabelecer parcerias e promover negócios bilaterais. A missão terá representantes das indústrias de alimentos, automotiva, metalmecânica, moveleira, tecnologia da informação e têxtil e vestuário de todo o País.

Comitiva

Estão na comitiva os secretários estaduais Tereza Cristina Dias (Produção), Edson Giroto (Obras Públicas e Transportes), Carlos Alberto Menezes (Meio Ambiente e Planejamento), e os presidentes da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul, Sérgio Longen, e Federação de Agricultura e Pecuária, Eduardo Riedel.

Leia Também