VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Comitê da Lei Maria da Penha elabora carta e aponta MS como 6º em assassinatos

Comitê da Lei Maria da Penha elabora carta e aponta MS como 6º em assassinatos
22/06/2012 20:30 - DA REDAÇÃO


Nesta sexta-feira (22), o Comitê Estadual de Defesa da Lei Maria da Penha elaborou carta endereçada à presidente da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) da Violência Contra a Mulher marque uma data e esteja em Mato Grosso do Sul para reunir dados graves e buscar soluções urgentes.

Segundo dados do Mapa da Violência 2012, Mato Grosso do Sul é o sexto  em assassinatos de mulheres no País e o 2º com mais vítimas provocadas por mortes violentas.

Os números foram apresentados durante o debate desta sexta-feira, na Assembleia Legislativa, que reuniu mulheres ligadas ao movimento feminista e integrantes do comitê. O encontro antecede a audiência pública da CPMI sobre a violência contra a mulher, do Congresso Nacional, prevista para acontecer hoje, mas adiada.

A assessoria da CPMI informou que o adiamento aconteceu por conta de compromissos no Rio + 20.

Leia a carta clicando aqui

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".